Google+ Followers

sábado, 24 de setembro de 2016

Filha de Billy Graham conta como se livrou do divórcio: "Clamei desesperadamente a Deus"

Anne Graham casou-se com Danny Lotz e, vencendo um período de crise em seu relacionamento, completou 49 anos de casada.

Anne Graham (esquerda) e marido, Danny Lotz (direita) foram casados por 49 anos, até que o marido faleceu, em agosto de 2015. (Foto: Durham Sun Herald)
Anne Graham (esquerda) e marido, Danny Lotz (direita) foram casados por 49 anos, até que o marido faleceu, em agosto de 2015. (Foto: Durham Sun Herald)

A evangelista e escritora Anne Graham Lotz, filha do Rev. Billy Graham, compartilhou o que ela fez quando o amor entre ela e seu marido, Danny Lotz, pareceu "esfriar" e ela sentiu-se "presa" no relacionamento. O casal permaneceu unido por 49 anos, até que Danny faleceu em agosto de 2015.

Anne Graham casou-se com Danny - filho de um pastor de uma igreja de Nova York e que trabalhava como dentista em tempo integral - quando ela tinha 18 apenas anos. O casal teve três filhos em um período de 10 anos de seu casamento, ela relembra em artigo publicado no site Charisma News.

"Sem que eu percebesse, as tarefas do cotidiano tomaram conta de mim e eu acordei uma manhã, chegando à conclusão que eu estava em um casamento no qual o amor tinha acabado!", ela escreveu. "Eu nunca vou esquecer o sentimento de pânico e prisão que eu tive, quando eu me ajoelhei em oração, suplicando desesperadamente pela ajuda do Senhor".

No entanto, acrescenta, "Se você se sente preso em um casamento no qual o amor acabou, graças a Deus! Há esperança para você, exatamente como houve esperança para mim".

"O processo de cura começa com convidando Jesus para entrar em seu casamento", ela recomenda.

Referindo-se ao capítulo 2 do evangelho de João, sobre quando Jesus assistia a um casamento em Caná da Galiléia, Lotz aponta: "Que bênção simples, mas profunda para saber que pela primeira vez o véu se rasga e a glória de Jesus é revelada em uma casa, enquanto um casamento era celebrado".

Anne Graham é evangelista, escritora e educadora. (Foto: Christian Post)

Um casal cristão pode testemunhar um milagre em meio a uma crise em seu casamento, convidando Jesus para entrar em seu relacionamento, ela escreve, referindo-se à crise que ocorreu na cerimônia de casamento que Jesus participava: o vinho acabou.

"Naquele tempo e cultura, o fato do vinho esgotar-se faria com que os recém-casados passassem por ​​tamanha humilhação que nunca seriam capaz de levantar a cabeça em público novamente", explicou ela. "Este parecia ser um casamento em apuros, quase desde o momento em que começou... A perda do amor pode ocorrer de forma gradual, semelhante à maneira como eu espero que o vinho acabou no casamento em Caná. Um copo de cada vez até que ele se foi".

Lotz assinala que a mãe de Jesus, Maria, colocou o controle total da situação no casamento em nas mãos dEle, sabendo que Ele se importava com aquele casal.

"Você colocou o seu casamento e sua situação sob a sua própria autoridade?", ela pergunta. "Talvez uma das razões para que Deus permita a sua crise presente é para trazer você ao ponto de completa submissão à vontade dEle".

Anne Graham se lembra que foi exatamente isso que aconteceu em sua vida.

"Lembro-me de acordar cedo uma manhã, deslizando de joelhos e chorosa, perguntando a Deus mais uma vez sobre como eu poderia corrigir o meu relacionamento com Danny", contou.

Referindo-se a 1 João 4, que ela leu na época, Lotz diz que Deus estabeleceu três princípios básicos sobre o seu amor por Danny.

"O amor vem de Deus. Aqueles que são capazes de amar os outros, incluindo os seus cônjuges, são aqueles que nasceram de Deus. Aqueles que são capazes de amar os outros, mesmo quando o amor acaba, são aqueles que não só são nascidos de Deus, mas também conhecem a Deus", explicou.

Ela sabia que aquela passagem tinha lhe apresentado "a chave para mudar o meu casamento, para transformar água em vinho".

"A chave não foi para se concentrar em minha relação com Danny, mas para me concentrar em meu relacionamento com Deus!", ela salientou.

Ela conclui: "Jesus faz com que a mudança se torne possível mesmo quando o amor acabou. Ele nos convida a saborear e apreciar o 'vinho novo', enquanto você agradece a Deus do fundo do seu coração por ter-lhe enviado o Seu filho Jesus".

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHARISMA NEWS