Google+ Followers

sábado, 17 de setembro de 2016

Jornalista prega ao vivo em telejornal dos EUA: "Eu sou filha de Cristo"

A jornalista decidiu testemunhar sobre sua própria fé, e o enorme impacto que a sua crença em Deus tem sobre sua vida. (Foto: Reprodução).
A jornalista decidiu testemunhar sobre sua própria fé, e o enorme impacto que a sua crença em Deus tem sobre sua vida. (Foto: Reprodução).

Liz Wheeler falava sobre uma pesquisa que apontava que cada vez menos jovens acreditam em Deus, e aproveitou a oportunidade para contar seu testemunho de fé.

Uma âncora de notícias do telejornal “One America News Network” impressionou os espectadores quando ela começou a pregar espontaneamente durante um noticiário ao vivo. Liz Wheeler estava fazendo referência a um novo estudo da Pew Research que afirma que cada vez mais jovens não acreditam em Deus e nem frequentam a igreja.

Em resposta, ela decidiu testemunhar sobre sua própria fé, e o enorme impacto que a sua crença em Deus tem sobre sua vida.

"Minha fé é uma enorme parte de quem sou. É parte da minha identidade. Ela molda as escolhas que faço neste mundo. Ela molda as minhas palavras e as ações", disse durante a transmissão. "Eu sou quem eu sou, porque sou uma filha de Cristo".

Liz fez referência às várias dificuldades que todo mundo enfrenta na vida, em algum momento, e afirma que a fé pode ajudar através de lutas difíceis.

"A religião é muitas vezes pintada para ser opressiva em vez de libertadora. Mas, para mim, este nunca foi o caso", disse. "Meu relacionamento com Deus nem sempre foi fácil. Quando as coisas difíceis aconteciam, era complicado permanecer na fé e acreditar que Deus tinha um plano para minha vida. Mas é essa crença que sempre me mantém ancorada. É o que me faz ser alegre todos os dias, não importa o que esteja acontecendo".

Liz continua com seu discurso épico: "Deus não enviou Seu Filho para morrer uma morte violenta, se o Seu amor não fosse profundo e completo".

A jornalista aborda muitas das ideias comuns sobre ter um relacionamento com Deus, particularmente em relação à falsa história de que Ele é um opressor e ditador. "A orientação que Deus nos dá não é opressiva. Ninguém está me forçando a seguir os Dez Mandamentos, ou servir e amar a Deus contra a minha vontade. Eu escolho fazer isso porque eu sei que Deus nos deu um manual para a vida. Ele sabe o que é preciso para sermos homens e mulheres que Ele criou. Ele nos disse isso diretamente através da Bíblia", pontuou.

E quanto à todos os jovens que estão deixando passar a oportunidade de ter um relacionamento com Deus? Ela diz que estes jovens estão "perdendo algo maravilhoso. Eles estão perdendo o que Deus tem planejado para eles. Mulheres e homens únicos, insubstituíveis, fortes e alegres, com um propósito nesta vida".


FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO SITE HELLO CHRISTIAN

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Cristãos são forçados a esconder sua fé em campos de refugiados da Turquia

A vida nos campos de refugiados é difícil. Muitos estão em necessidade diária de alimentos. (Foto: Reuters).
A vida nos campos de refugiados é difícil. Muitos estão em necessidade diária de alimentos. (Foto: Reuters).

Nos campos de refugiados, mais de 120 pessoas aceitaram a Cristo e cerca de 20 foram batizadas. Apesar disso, elas estão sendo obrigadas a viver sua fé em segredo por causa da perseguição islâmica.

Os refugiados que estão nos campos de abrigo e se converteram ao cristianismo estão sendo obrigados a esconder sua fé da comunidade muçulmana, informou o diretor de um ministério na Turquia, que optou permanecer anônimo por razões de segurança.

Ele trabalha com a “Christian Aid Mission”, uma organização internacional de missões sem fins lucrativos que ajuda mais de 500 ministérios no exterior e hospeda cerca de 3 milhões de refugiados sírios.

Muitos dos refugiados sírios estão na Turquia, que sofreu alguns ataques terroristas e um golpe sem sucesso contra o governo. "A situação é sombria para os refugiados no país", disse o diretor ao site The Christian Post.

“Ainda assim, os refugiados que chegam estão abertos ao cristianismo”, disse ele. "Nós ganhamos a confiança dos refugiados, eles ficam muito felizes em nos receber em suas tendas".

Ele disse que mais de 120 pessoas aceitaram a Cristo e cerca de 20 foram batizadas. "Eles precisam esconder sua fé dos outros. São obrigados a viver sua religião em segredo", disse o diretor, acrescentando que os cristãos são tratados como infiéis.

A vida nos campos de refugiados é difícil. Muitos estão em necessidade diária de alimentos, água potável, fraldas e outras necessidades. O diretor disse ainda que seu ministério ajuda cerca de 8 mil refugiados. Cerca de 45% dos refugiados não querem voltar para a Síria.

Pacote de ajuda

A Turquia vem tentando acomodar um grande número de refugiados, muitos deles estão fugindo da guerra civil e do terrorismo. Isso levou a União Europeia (UE) a anunciar um pacote de ajuda de 393 milhões de dólares (equivalente a mais de 1,3 bilhão de reais) na semana passada para o “Programa Alimentar”, das Nações Unidas. Esta é a maior soma de dinheiro que a UE já financiou para fins humanitários.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Cristãos visitam terroristas presos para levar o amor: “É a única resposta para o ódio”

Uma equipe levou comida e água para os militantes do EI capturados. (Foto: Preemptive Love)
Uma equipe levou comida e água para os militantes do EI capturados. (Foto: Preemptive Love)

Uma equipe de voluntários levou comida e água para os militantes do EI que foram capturados pelo exército iraquiano.

Diversos grupos humanitários têm trabalhado intensamente para servir pessoas vulneráveis no Iraque e na Síria, desde que o califado do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) devastou as regiões em 2014.

No entanto, alguns dos voluntários têm oferecido apoio de uma forma diferente. Os alvos desta ajuda já não são apenas famílias afetadas pelos conflitos, mas os próprios combatentes do grupo terrorista.

Uma equipe da organização Aliança Preferência pelo Amor (PLC, na sigla em inglês), levou comida e água para os militantes do EI que foram capturados pelo exército iraquiano durante a reconquista da cidade de Fallujah, no Iraque.

O motivo para esta ação? "Amar significa ir aos lugares difíceis", respondeu o líder cristão da organização, Matthew Willingham.

Dentre os voluntários que atenderam os terroristas detidos pelo exército, estava um homem chamado Sadiq. Ele deu água para um prisioneiro vestido com um macacão amarelo, que ele reconheceu de um vídeo publicado pelo EI.

"Você matou meu amigo", disse Sadiq ao militante, enquanto colocava água em sua boca. "Mas eu vim aqui para te alimentar".

Willingham recebeu muitas críticas por sua ação com terroristas no Iraque — afinal, os detidos mereciam sofrer pelo que tinham feito. "Mas acreditamos que apenas a luz pode deter a escuridão. O amor é a única resposta para o ódio", disse ele.

Como cristão, Willingham conta que viu o amor de Cristo na atitude de Sadiq, mesmo ele sendo muçulmano. “Esse é um amor semelhante ao de Cristo. Sadiq estendeu sua mão aos seus inimigos. Não eram apenas as pessoas que ele discordava, eram seus inimigos, as pessoas que assassinaram seus amigos. Esse é o amor de Deus em Cristo".

Sadiq oferecendo água para militantes do Estado Islâmico. (Foto: Preemptive Love)

Amar 'mesmo assim'

A PLC não é vinculada a uma religião, mas para Jeremy Courtney, um dos líderes do projeto, sua missão é impulsionada pelo amor a Deus. “Eles [voluntários] estão tentando descobrir o que significa levar Jesus a sério quando Ele diz ‘siga-me’ e ‘abençoe os que te perseguem’”, disse Courtney ao site Christian Today.

Ele acredita na importância de ter compaixão por aqueles que causam morte e destruição no Oriente Médio. "Eles são, em grande parte, homens e meninos que querem pertencer a um lugar para se sentirem seguros e terem significado", comenta.

Courtney está convencido de que esta é a única resposta que os cristãos podem dar. "Não aconteceu do nada. Não acordamos um dia, lemos um versículo da Bíblia que dizia para amar os inimigos e decidimos procurar o EI. Mas entendemos que a mensagem do Evangelho é sobre um amor que supera a morte. Deus se deixou ser carne e morreu por seus inimigos".

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE CHRISTIAN TODAY

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Casal se converte após achar guia de estudos bíblicos no lixo

A família inteira aceitou a Cristo no inicio deste ano. (Foto: Reprodução).
A família inteira aceitou a Cristo no inicio deste ano. (Foto: Reprodução).

O casal passou a estudar a Bíblia e logo começou a frequentar uma igreja recém-inaugurada. No início do ano, a família toda aceitou Jesus.

Aos olhos do homem, um simples guia de estudos bíblicos jogado no lixo não teria importância alguma, mas Deus pode usar esse material para salvar vidas. Foi o caso da vendedora de lanches Josiane Linhares de Jesus, de 29 anos. Residente da comunidade do Novo Remanso, localizada na cidade de Itacoatiara (AM), ela encontrou um novo caminho para seguir.

Juntamente com seu esposo, Gilmar Souza de Jesus, de 28 anos, Josiane cresceu em um lar cristão. Ela diz que sentia falta de mais ensinamentos sobre a bíblia e que existia um vazio em sua vida, causado pela falta de informações sobre a verdade de Deus.

Josiane e seu esposo foram alcançados de forma inusitada. Certo dia, dois de seus irmãos pequenos foram à procura de peças para bicicleta na rua e acharam diversos livros religiosos no lixo. Eles resolveram levar esses livros para casa. Ao visitar sua mãe e checar as obras, ela percebeu que no meio das literaturas havia um guia de estudos bíblicos.

A capa chamou a atenção daquela mulher que já buscava por mais conhecimento da Bíblia. Ela então levou aquele guia para casa e começou a estudar.

Josiane foi aprendendo por meio das lições do guia e isso foi gerando mais interesse em se aprofundar na Bíblia. Ela queria que seu esposo também descobrisse aquele conteúdo. Então a vendedora decidiu colocar o material em um lugar estratégico para que Gilmar pudesse ver. Certo dia, ela entrou em casa e, para sua surpresa, viu seu esposo estudando o material. A partir daquele momento, o casal começou a estudar juntos.

Depois de muito estudo, eles começaram a visitar uma igreja recém-inaugurada próximo de casa. Josiane já havia tomado sua decisão e sabia que aquele era o seu lugar. Apesar de seu esposo relutar um pouco no princípio, ele também tomou a mesma decisão. A família inteira aceitou a Cristo no inicio deste ano.

Josiane conta que ainda tem o guia de estudos que foi encontrado no lixo e que hoje ela e sua família são realmente felizes, pois com os ensinamentos aprendidos e a paz encontrada, eles têm uma nova vida e a comunhão com Deus restaurada.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO SITE NOTÍCIAS ADVENTISTAS

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Estado Islâmico planejava matar cristãos em shopping usando serras elétricas

Verviers tem sido um dos principais centros de radicalismo islâmico na Bélgica. (Foto: Reprodução)
Verviers tem sido um dos principais centros de radicalismo islâmico na Bélgica. (Foto: Reprodução)

O filho de um líder religioso do grupo revelou à polícia que os terroristas pretendiam assassinar cristãos em um shopping da Bélgica.

Terroristas do Estado Islâmico (EI) estariam planejando assassinar cristãos em um shopping center da Bélgica usando motosserras, de acordo com o filho de um imã (líder religioso) radical do grupo.

O adolescente foi preso na cidade de Verviers depois de convocar o assassinato de cristãos  em um vídeo que circulou nas redes sociais.

Em depoimento para a polícia, o jovem revelou que o EI está recrutando terroristas com o objetivo de cometer um massacre em um shopping center usando serras elétricas.

O jornal belga La Derniere Heure informou que o adolescente, filho do imã radical Shayh Alami, confessou aos investigadores que o grupo terrorista esteve recrutando "lobos solitários" na Bélgica durante todo o verão.

Além das investidas do EI, os radicias belgas que foram para a guerra na Síria estavam tentando convencer amigos e parentes a participarem de ataques terroristas.

O adolescente disse que dois desses planos de ataque envolveriam um massacre com uma motosserra em um centro comercial belga. Um outro plano era assassinar um segundo imã, que "não era suficientemente radical", de acordo com o jovem.

Verviers tem sido descrito como um dos principais centros de radicalismo islâmico na Bélgica, seguido pelo subúrbio de Molenbeek, em Bruxelas. Atualmente, a cidade onde vive o adolescente e o imã é uma das regiões mais pobres do país.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE R7

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Estudante que escapou de sequestro vive sem a família


nigeria.jpg
nigeria.jpg

NIGÉRIA

Por motivos de segurança, as meninas do Chibok que escaparam do sequestro do Boko Haram, foram afastadas de suas famílias e enviadas à um campo de deslocados

Esther* é uma das 47 meninas que conseguiu escapar de um sequestro em massa realizado pelo Boko Haram, na Escola Secundária de Chibok, na Nigéria, em abril de 2014. Por motivos de segurança, ela foi enviada para um campo de deslocados, em Yola, no Estado de Adamawa. Sua família continua vivendo na mesma casa em que moravam na época do incidente, ainda por um tempo. Depois que o Boko Haram voltou a atacar, eles tiveram que fugir pela fronteira e agora estão vivendo em Camarões.

Embora Esther não tenha sido sequestrada, sua família também a perdeu de alguma forma. Ela foi levada para Job, por um casal que prometeu dar continuidade à sua educação, mas a promessa não foi cumprida, porque eles passaram por sérias dificuldades financeiras. Eles não poderiam deixar de dar assistência para os seus próprios filhos e assim, Esther ficou sem apoio.

Mais tarde, uma senhora idosa ouviu falar sobre sua situação e decidiu acolhê-la. Esther é grata por essa ajuda e por ter agora onde morar, mas enquanto um dos colaboradores conversavam com ela sobre o assunto, lágrimas rolavam em seu rosto e ela falou sobre a falta que sente de seus pais e família e o quanto tem se sentido abadonada. A Portas Abertas tem estudado a melhor forma de ajudá-la.

*Nome alterado por motivos de segurança.

Motivos de oração

Em primeiro lugar, agradeça a Deus por Esther ter um abrigo e peça peça família dela.
Peça pelo casal que se prontificou a estender a mão para ela nesse momento tão difícil, e que Deus possa retribuir a bondade e amor deles.
Interceda nesse momento, pedindo para que Deus direcione a Portas Abertas a encontrar a melhor maneira de ajudar Esther, de forma que ela volte a sorrir.
Clame também por todas as meninas que continuam sequestradas, para que sejam fortes e que retornem aos seus lares, em breve.

domingo, 11 de setembro de 2016

Dia Nacional de Missões

brasil.jpg

A Portas Abertas parabeniza todos os missionários, desejando que o Espírito Santo os acompanhe em tudo

O Dia Nacional de Missões é uma data que nos convida a refletir sobre o posicionamento missionário da igreja brasileira. Todo cristão tem a responsabilidade de desenvolver um ministério para cumprir o "ide de Jesus". Seja levando as boas novas aos mais próximos, na vizinhança, entre família ou até mesmo realizando trabalhos mais distantes.

Mas no dia de hoje, chamamos a sua atenção para aqueles aceitam o desafio de Deus para fazer missões em terras distantes. Na maioria das vezes, não é nada fácil deixar tudo para trás para encarar essa nova realidade. Além disso, eles não são bem vistos pelos governos. Na China, por exemplo, o monitoramento sobre as ONG’s cristãs estrangeiras seguirá restrições ainda mais severas a partir de 2017, ou seja, haverá muito mais obstáculos para a pregação do evangelho no país.

Há inúmeras histórias de missionários que chegam a ser presos, torturados e até perdem suas vidas em trabalhos de campo, em países onde o cristianismo não é bem-vindo e onde seus seguidores são hostilizados pelo simples fato de professar uma fé que não está de acordo com a ideologia do Estado. Ore por todos os missionários que atuam em campo, tanto no Brasil, em regiões carentes e de difícil acesso, quanto fora do nosso país. Interceda por eles, para que Deus continue os protegendo e dando a ousadia necessária para cumprir essa grande missão. A Portas Abertas parabeniza todos os missionários, desejando que o Espírito Santo os acompanhe em tudo.

Fonte: www.portasabertas.org.br