Google+ Followers

sábado, 5 de março de 2016

#EspecialMulher: Cristãs nigerianas experimentam o poder da oração




"Nós oramos pedindo para que os soldados não enxergassem a nossa feminilidade, que não colocassem drogas em nossa comida, e que Deus confundisse a mente deles. Ele atendeu todas as nossas orações"

Hoje, dia 5 de março, é o Dia Mundial da Oração. Você vai conhecer a história de uma nigeriana que conduziu um grupo de mulheres sequestradas a orar e a crer que Deus agiria em favor delas. E Ele agiu. Comfort* é uma viúva cristã de 50 anos de idade. Quando o Boko Haram tomou sua cidade, em outubro de 2014, os soldados mataram seu marido, que na ocasião era um jovem de 25 anos. Comfort foi sequestrada pelo grupo extremista. Durante uma visita à viúva, a equipe da Portas Abertas ouviu sua história emocionante. Tudo começou quando ela ouviu pessoas gritando desesperadas e tiros por todos os lados. Sua aldeia havia sido invadida, então ela correu para a casa dos vizinhos, sem saber o que fazer. Mas seu marido colocou toda a família no carro e tentou fugir, porém em poucos instantes, o carro foi cercado por dezenas de soldados, que mandaram eles descer rapidamente. Seus filhos gêmeos, Jerry e Eric tiveram que se deitar no chão.

"Eu estava desesperada, não conseguia ver mais nenhum deles. Quando ouvi o barulho dos tiros, pensei que estavam atirando para o ar, para nos assustar, mas eles estavam matando minha família toda. Naquele momento, eu perdi meu marido e meus dois filhos", lembra ela com tristeza. "Me jogaram para dentro de um carro, com outras mulheres, e nos levaram embora. Entre nós havia 12 mulheres solteiras e 8 casadas, além de 10 crianças com idades entre duas semanas e 9 anos. Eles nos colocavam em várias casas, e transferiam a cada semana. Diferentes grupos chegavam e tentavam nos fazer mudar de religião. Eles sabiam que éramos todos cristãos. Mas o que tínhamos a perder, eles já tinham matado a nossa família, por que iríamos negar Jesus? Então eles mandaram que os cristãos ficassem de um lado e aqueles que negassem a Cristo ficassem de outro. Mas todos nós escolhemos ficar ao lado dos cristãos, ninguém negou o nosso Salvador", revela Comfort.

A viúva conta que um dos soldados então gritou: "Onde está o seu Jesus agora? E as mulheres responderam: "Ele vive em nossos corações e está entre nós, Ele nos salvará". A intimidação foi intensa. "Eles mandaram que fizéssemos uma fila e afiaram seus facões na nossa frente. Depois de um tempo, deram alguma comida e água e nós comemos para nos manter de pé, mas na maioria do tempo, ficávamos sempre em oração. O que mais pedíamos era para que eles não enxergassem nossa feminilidade, pois nós já tínhamos ouvido muitas histórias terríveis do que eles faziam com as mulheres sequestradas, pedíamos também para que não colocassem drogas em nossa comida e para que Deus confundisse a mente deles. E Ele ouviu todas as nossas orações", lembra a cristã.

Depois de um tempo, os soldados decidiram que não valia a pena levá-las para Sambisa, pois elas estavam resistindo à intimidação deles e isto seria uma má influência para as outras mulheres que estavam na floresta e que já tinham aceitado seguir o islã. "Eles disseram que nos levariam para outro campo, e então seríamos escravas. Mas depois de quatro semanas de cativeiro, conseguimos escapar e fomos para as montanhas, onde ficamos escondidas por dois dias. Havia outros cristãos lá, então pudemos ajudar uns aos outros. Em pouco tempo, fomos encontrando alguns familiares e amigos, e sobrevivemos, para a glória de Deus", finaliza Comfort.

Desde 2009, o Boko Haram tem agido violentamente no norte e no centro da Nigéria, o que levou o governo nigeriano a anunciar estado de emergência em várias regiões. Até o ano de 2014, eles foram os causadores da maioria das mortes violentas no país, de acordo com o Índice de Terrorismo Global, e em 2015, foi considerado o grupo terrorista mais mortal. O objetivo do grupo é instaurar o Estado Islâmico, através da lei sharia que não tolera o cristianismo. O impacto sobre a igreja tem sido muito maior do que o previsto. Ore por essa nação e por todos os cristãos nigerianos que enfrentam a pior perseguição religiosa de todos os tempos.

*Nome alterado por motivos de segurança. 
Fonte: /www.portasabertas.org.br


sexta-feira, 4 de março de 2016

Aumenta a vigilância sobre os cristãos




O Azerbaijão tem um dos regimes mais duros da ex-União Soviética. Ele mantém um controle estatal absoluto

No mês de fevereiro, a Fundação Jamestown, responsável por diversas pesquisas e análises sobre os conflitos atuais que ocorrem no mundo, escreveu sobre a realidade no Azerbaijão: "Na sequência da desvalorização da moeda nacional do país, o manat, a população tem se preocupado sobre a forma como a atual política vai afetar suas vidas daqui para frente. As estatísticas expostas logo no primeiro de 2016, mostram a drástica queda dos salários e o aumento absurdo no preço dos alimentos. Embora o governo tenha feito promessas de que os preços dos produtos permaneceriam estáveis e que tomariam todas as medidas cabíveis para que isto acontecesse, não foi o que o povo viu".

Ainda de acordo com a Jamestown, o Azerbaijão tomou um rumo negativo e pior do que o anterior. Existe muita frustração entre os cidadãos, além de protestos em várias regiões do país. "O Azerbaijão tem um dos regimes mais duros da ex-União Soviética. Ele mantém um controle estatal absoluto e todas as formas de oposição são acompanhadas pela polícia secreta que se mantém infiltrada entre os oprimidos. Parecia improvável haver qualquer tipo de manifestação, mas o povo foi às ruas e surpreendeu o governo. Os cristãos, por outro lado, estão cada vez mais pressionados", comenta um dos analistas de perseguição.

Ocupando a 34ª posição na Classificação da Perseguição Religiosa 2016, subindo 12 posições em relação ao ano passado, o Azerbaijão tem uma forte influência do islã tradicional, que está crescendo a cada dia em diversas regiões do país. A perseguição aos cristãos não é só religiosa, mas também nacionalista e étnica. Cristãos azeris são considerados traidores. A vigilância está se tornando cada vez mais rigorosa. O governo tornou-se mais ativo no controle da religião e vai continuar a sua propaganda de que o país é a "Terra da Tolerância" em todos os lugares. A igreja no Azerbaijão terá que sobreviver sob o enorme nível de pressão. Mas, mesmo sob estas circunstâncias, a igreja tem sobrevivido até agora e tem crescido discretamente.

Pedidos de oração

  • Ore pela economia e política do Azerbaijão e lembre-se dos cristãos que estão enfrentando grandes dificuldades financeiras.
  • Peça a Deus para fortalecer a igreja nesse país e que a fé dos novos convertidos seja firme em todo o tempo.
  • Ore também por uma política mais justa e que os governantes tenham seus corações tocados pelo amor de Jesus Cristo. Fonte: www.portasabertas.org.br


quinta-feira, 3 de março de 2016

Polícia fecha um Centro de Reabilitação para mulheres cristãs


3-tajiquistao-0100100143


O líder cristão foi proibido de continuar com suas atividades e muitas mulheres e crianças podem ficar sem abrigo novamente

O Centro de Reabilitação Cristão do Tajiquistão é um lugar que acolhe mães solteiras. Há mulheres que chegam ali com seus sete filhos, bebês de alguns meses ou até crianças de 11 anos de idade. A maioria se converte ao cristianismo após receber ajuda. O local fica numa pequena propriedade de um líder cristão local chamado Ahad. Antes do projeto existir, a mãe dele morava nessa casa, mas depois da partida dela, o líder decidiu iniciar o ministério. "Alguns dias atrás, policiais invadiram a casa, enquanto as mulheres estavam lendo a Bíblia. Elas foram levadas com seus filhos para uma delegacia. O líder cristão foi chamado imediatamente e submetido a um interrogatório que durou mais de três horas", comenta um dos analistas de perseguição.

Ele também comenta que os policiais agiram de forma cruel, acusando-o de propagar outra religião e ameaçando prendê-lo, mesmo com todas as explicações do trabalho que é realizado no local, para mulheres desabrigadas e abandonadas com filhos pequenos. "O resultado foi uma multa e a proibição de continuar com as atividades no Centro de Reabilitação. O local deverá ser fechado e as mulheres terão que sair do imóvel até o dia 5 de março. Nenhuma delas tem para onde ir e estão aflitas pelo futuro de seus filhos", explica o analista.

Tajiquistão está no 31º lugar na Classificação da Perseguição Religiosa deste ano, e subiu muito em relação ao ano passado, quando ocupava a 45ª posição. O governo está impondo ainda mais restrições à população, principalmente a cristã. A liberdade dos meios de comunicação está comprometida e o islã está dominando boa parte do país. Aqueles que querem seguir a Cristo encontram muitos obstáculos e os pais são proibidos de falar sobre a Palavra de Deus aos seus filhos, devido a uma lei que vigora e que estabelece 2 anos de prisão para quem infringi-la. Ore pelo Tajiquistão!


Pedidos de oração

  • Ore por essas mulheres cristãs que podem ficar desabrigadas em apenas alguns dias. Peça a Deus para providenciar um local para elas e seus filhos.

  • Peça ao Senhor para que as autoridades locais sejam tocadas pelo amor de Cristo e que sejam maleáveis quando às decisões tomadas.

  • Ore por todos os cristãos do Tajiquistão, eles estão enfrentando momentos difíceis com a repressão do governo e a perseguição religiosa.
    Fonte: www.portasabertas.org.br


quarta-feira, 2 de março de 2016

O Paquistão necessita de suas orações


1-pakistan-0290100059


O assassino do ex-governador que tentou revogar as leis de blasfêmia foi executado pelo governo do Paquistão. Agora os extremistas islâmicos protestam pelas ruas

Mumtaz Qadri, o assassino do ex-governador de Punjab, no Paquistão, foi enforcado nesta segunda-feira, em uma prisão de Rawalpindi, de acordo com informações das autoridades paquistanesas. Ele confessou ter matado Salman Tasir em 2011, quando ele pretendia revisar a lei de blasfêmia. Na ocasião, o governador itou que a lei de blasfêmia era uma "lei negra". A citação enfureceu o seu segurança pessoal, que o matou pelas costas disparando 28 tiros. Qadri foi considerado um mártir pelos muçulmanos por defender a honra do islã. As autoridades temem reações violentas por parte de seus seguidores.

O ex-governador defendia a revogação das leis e era contra o extremismo religioso, além disso, foi um dos maiores defensores de Asia Bibi, uma cristã condenada à morte por blasfêmia num caso que ganhou notoriedade internacional e que a Portas Abertas acompanhou de perto. No Paquistão, país que ocupa a 6ª posição na Classificação da Perseguição Religiosa em 2016, a lei de blasfêmia prevê pena de morte para pessoas condenadas por ofender o islã.

A execução de Qadri levou os extremistas de todo o país às ruas, desencadeando muitos protestos e manifestações. "O trânsito ficou caótico, muitos dos nossos colaboradores ficaram presos em motins, outros ficaram parados no trânsito, muitas pessoas não puderam sair de casa para o trabalho. Os cristãos que estão nas ruas temem por sua segurança", comenta um dos analistas de perseguição. Um jovem que não foi identificado por razões de segurança disse: "Se for para morrer que seja por Jesus e não por que as pessoas estão com raiva do governo por executar um criminoso muçulmano".

Outro jovem comentou: "Finalmente esse governo se levantou para a justiça". Os cristãos estão divididos entre o sentimento de um governo justo, enquanto outros lamentam por mais uma vida perdida. "A situação é tensa agora, não há muito que pensar, temos que nos proteger, o país está um verdadeiro caos e os extremistas islâmicos estão agitados. Pedimos a todos que orem por essa situação, para que Deus nos proteja", conclui o analista. Fonte: www.portasabertas.org.br


terça-feira, 1 de março de 2016

Missionários distribuem milhares de Bíblias na China: “Há sede de aprender mais sobre Jesus”


Missionários distribuem milhares de Bíblias na China. (Foto: Bible Society)

Um último estudo constatou que em menos de 15 anos, a China poderá se tornar o país com o maior número de cristãos no mundo.

Missionários distribuem milhares de Bíblias na China. (Foto: Bible Society)

Embora os cristãos estejam sendo fortemente perseguidos na China, o cristianismo tem experimentado um intenso crescimento no país ao longo dos anos. Um último estudo constatou que em menos de 15 anos, a China poderá se tornar o país com o maior número de cristãos no mundo.

É para a construção deste cenário de fé que a organização “Bibles for China” (“Bíblias para a China”, em português) reúne seus esforços há quase cinco anos.

"Constantemente, ouvimos as pessoas nos dizer: ‘Esta Bíblia vai tocar uma geração para Cristo, porque ela vai ser compartilhada com as famílias dessas famílias’. Sentimos que ao semear a Palavra de Deus na China, abrimos uma grande oportunidade para que Deus se mova", disse Wendell Rovenstine, do Bíblias para a China, ao site Mission Network News.

Bíblias para a China planeja expandir sua missão através da formação de pastores locais, que poderão ajudar a espalhar as Boas Novas de Jesus Cristo. "Nós preparamos apresentações em power point que eles possam trabalhar. O pastor irá dedicar um dia apenas para passar princípios de liderança da Palavra de Deus", disse Rovenstine.

Rovenstine conta que há uma grande sede entre os chineses para aprender mais sobre Jesus Cristo e desenvolver um relacionamento mais profundo com Ele. "É por isso que os líderes do ministério estão planejando levantar fundos suficientes que lhes permitam distribuir Bíblias escritas em mandarim.” FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE CHRISTIAN TODAY


segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Budistas tentam agitar uma guerra civil no país



SRI LANKA

Mesmo não fazendo parte da Classificação da Perseguição Religiosa em 2016, o Sri Lanka continua perseguindo cristãos através do budismo extremista

 O líder do grupo budista extremista Bodu Bala Sena participou de um processo judicial, acusando o tribunal e o governo de perseguir os "heróis de guerra". As informações sobre o processo foram noticiadas pela Comissão Asiática de Direitos Humanos, no mês de janeiro e o monge budista, Gnanasara Thera, foi detido. "Durante as eleições do ano passado, os grupos budistas radicais permaneceram em silêncio, mas agora eles estão fazendo barulho e tentando agitar uma guerra civil no país", comenta um dos analistas de perseguição.

Depois de interromper o processo judicial, o monge recebeu uma advertência e, como não parou com suas acusações, foi acusado de desacatar as autoridades no tribunal. Depois que o mandado de prisão foi emitido, ele mesmo se entregou às autoridades no dia seguinte. De acordo com a imprensa local, existe o risco de que ele tente se posicionar como um mártir entre os budistas. "É possível até que os seus apoiadores intensifiquem os esforços para atacar as minorias religiosas, como cristãos e muçulmanos. Isso é previsível, principalmente para os seguidores do cristianismo", diz o analista.

Embora o Sri Lanka não esteja na Classificação da Perseguição Religiosa em 2016 e no ano de 2014 ele tenha ocupado a 29ª posição, caindo em 2015 para 44º. Isso não deve ser visto como uma grande melhoria da situação da minoria cristã. É, antes, devido ao fato de que, em vários países, em especial na região africana, a situação piorou e alterou a posição do Sri Lanka no ranking. Mesmo assim, o número de cristãos continua crescendo e, inclusive, o ministério infantil tem tido ênfase, através de irmãos que são chamados para servir no Reino de Deus, evangelizando os pequenos cingaleses. Ore por essa nação! Fonte:/www.portasabertas.org.br


Chineses se emocionam ao ver uma Biblia pela primeira vez

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Deus está me chamando para ser missionário. E agora?

Ser missionário é um grande desafio. (Foto: Connor Bleakley)
Se você sente que foi para isso que Deus te separou, caminhe em direção a seu propósito com cuidado e em oração.

Um dos principais pontos a ser enfrentado por missionários é a distância da família. Portanto, seja paciente com ela. À medida que você crescer em seu compromisso com a direção de Deus, sua família irá começar a respeitar e honrar a sua decisão.

Outro ponto é aguardar o momento certo de embarcar para o destino apontado por Deus. Reflita que enquanto você não sai de seu bairro, ele deve ser o seu alvo missionário. Você não tem que esperar estar em um país estrangeiro para compartilhar as boas novas de Jesus com os outros.

Encontre maneiras de começar a viver sua vida missionária agora. Essa será a melhor maneira de se preparar para seu futuro no campo missionário. Converse com seu líder de jovens ou pastor sobre oportunidades de serviço em sua igreja.

Você pode servir sopa para a comunidade local ou visitar os idosos em um asilo. Você também pode fazer uma viagem missionária de curta duração durante suas férias. Faça o for, mas faça com um coração e uma atitude de servidão.

Reflita nisso: “Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração” (Salmos 37:4). Agora que você tem o entendimento desse chamado de Deus, seu trabalho é manter-se fiel e seguir a Deus enquanto Ele prepara o momento certo, de acordo com Sua vontade. FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE IGNITE YOUR FAITH

Pastor afirma que foi ajudado por um anjo, após acidente de carro



"O pára-brisa estava derretendo. A janela do passageiro estava dobrando para dentro do carro. Ninguém conseguiria tocar o carro naquele momento. Eu não teria sobrevivido", disse o pastor John Boston.

Um jovem pastor de Ohio (EUA) diz que está convencido de que um anjo chamado "Johnny" salvou sua vida depois que ele bateu seu carro em um poste no ano passado.
"O pára-brisa estava derretendo. A janela do passageiro estava dobrando para dentro do carro", disse o Pastor John Boston da Igreja Adventista do Sétimo Dia Central lembrou em uma entrevista ao canal norte-americano 'FOX 8'.
"Ninguém conseguiria tocar o carro naquele momento. Eu não teria sobrevivido", disse ele.
Pastor John explicou que ele estava dirigindo na estrada, a caminho do aeroporto de Columbus, Ohio, no mês de abril de 2015, quando um outro veículo cruzou a linha central e desviou em direção a ele. Ele desviou o carro para evitar a colisão, mas acabou batendo em um poste e um transformador de energia caiu sobre seu carro.
O calor intenso dos milhares de volts de eletricidade rapidamente começou a fritar a estrutura de metal e as janelas do veículo. O jovem pastor não tinha como escapar de seu carro em chamas até que um rapaz "aparentemente desajeitado" chegou "do nada" e abriu a porta amassada com bastante facilidade, de acordo com o relato de Boston.
O homem retirou-o do carro, em seguida, carregou o pastor Boston por 20 jardas (pouco mais de 18 metros) de distância do veículo, levando-o para um local seguro. Pouco depois, o carro do pastor explodiu.
"Ele disse 'meu nome é Johnny. A polícia está quase chegando aqui e eu não poderei estar aqui quando eles chegarem. Mas você vai ficar bem. Depois disso, o homem se foi", disse Boston em seu depoimento.
O jovem pastor sofreu apenas alguns ferimentos leves quando ele foi finalmente resgatado por socorristas.
Enquanto muitos têm especulado que "Johnny" tenha fugido do local, os bombeiros veteranos apontaram que alguns aspectos do acidente que aconteceu com o pastor poderiam e fato dele ter sobrevivido podem ser realmente vistos como milagrosos.
Ninguém, dizem eles, conseguiria "tocar" ou "andar" em direção àquele carro com um transformador de energia queimando sobre ele.
"Ter um transformador sobre o carro é provavelmente uma das piores coisas que poderia acontecer", disse um bombeiro à Fox 8.
"A pessoa que tocasse aquele carro seria levada imediatamente ao ao chão. É preciso saltar para longe do veículo e cruzar os pés, mas isso também ainda é arriscado", disse outro bombeiro.
Outro oficial ressaltou o impressionante livramento que Boston teve.
E o fato de que nem Boston ou o misterioso "Johnny" ficaram gravemente feridos "me dá arrepios", disse um bombeiro.
Pastor Boston diz que a experiência do acidente mudou sua vida dramaticamente e agora ele está usando a história para inspirar a fé de outras pessoas .
Depois de meses de terapia física, Boston e sua congregação têm aumentado os esforços para alimentar os necessitados e eles estão atualmente organizando uma viagem missionária para o Haiti. O pastor também está mais determinado em sua fé.
"Eu não acho que anjos venham até nós com asas, vestes brancas e luzes brilhantes. Eu acho que eles chegam como pessoas prontas a ajudar - e isso foi isso que eu tive naquele dia", disse Boston. FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST