Google+ Followers

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Militar cai de penhasco e sobrevive após oração: “Percebi que estava indo para o inferno”

Em uma fração de segundos, Tim fez uma oração e a corda que estava usando impediu sua queda a poucos centímetros do chão.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
Logo após completar 18 anos, Tim Moynihan se alistou no Exército dos Estados Unidos e se tornou um oficial de inteligência anos mais tarde.

Além de ser um oficial, Tim sempre foi interessado em ficção científica, ovnis, metafísica e profecias apocalípticas. Ele foi criado por uma família católica, mas teve a vida rodeada por bebidas e mulheres.

Em um dia de treinamento, Tim estava subindo um penhasco e sofreu uma queda. Em uma fração de segundos, uma oração para um Deus desconhecido passou por sua cabeça. Inexplicavelmente, a corda apertou e impediu sua queda a poucos centímetros do chão.

“Essa foi uma ligação íntima. De alguma forma, eu sabia que Deus tinha me salvado. Então, do nada, um homem da minha unidade me convidou para o estudo evangélico da Bíblia”, lembra Tim, que hoje tem 52 anos.

No primeiro encontro, a pregação confrontou muitos pecados que estavam presentes na vida de Tim. Seu amigo o incentivou a visitar o estudo bíblico novamente, mas Tim sentia receio.

“Eu senti medo de voltar”, admite. “No entanto, acabei tinha me formado numa das escolas militares mais difíceis e perigosas que existe, então eu me forcei a ir lá novamente. De repente, tudo faz sentido”.

“Um dia eu estava lendo a Bíblia no meu quarto e percebi que eu estava indo para o inferno, que eu estava errado por 26 anos. Saí da minha cama, me ajoelhei no chão e pedi a Deus para me perdoar por eu ter sido idiota por 26 anos”, lembra o militar.

Tim se rendeu a Jesus Cristo naquele dia, em 1991. Na mesma semana, ele se casou com sua namorada, Susan, com quem já morava junto — apesar dela não estar convencida das verdades do cristianismo até um ano depois.

Tim e Susan Moynihan, na época em que eram namorados e trabalhavam juntos. (Foto: Reprodução)
Enquanto frequentava a igreja, Tim rapidamente recebeu o chamado para pregar. Quando foi transferido para o Havaí, ele se envolveu na Igreja Potter’s House e se tornou pastor. Ele liderou uma igreja em Honolulu, capital do estado, entre 1997 e 2006.

Então, ele passou a assumir uma igreja problemática em Oceanside, na Califórnia, onde lida com fuzileiros navais que não querem ouvir sobre seu pecado.

“Eu fui agredido, perfurado, atingido na cabeça, cuspido e ameaçado com uma faca. Por que isso acontece? Porque Satanás odeia o Evangelho. Satanás odeia os líderes. Mas eles trataram meu Salvador muito pior, quando Ele levou Sua cruz por Jerusalém”, lembra Tim das fases difíceis.

Por outro lado, ele se alegra pela chance de ter a vida transformada por Deus. “Ser pastor e evangelista foi melhor coisa que já fiz”, disse ele, que hoje lidera a Igreja Lighthouse, na Califórnia.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE GOD REPORTS

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Psicólogos poderão atender homossexuais que querem voltar a ser héteros

Até então, psicólogos poderiam ter seu registro profissional cassado, se atendessem homossexuais que quisessem mudar sua conduta sexual.

Psicólogos eram proibidos de atender homossexuais egodistônicos, conforme a Resolução 01-99, do CFP. (Foto: Reset.me)
Psicólogos eram proibidos de atender homossexuais egodistônicos, conforme a Resolução 01-99, do CFP. (Foto: Reset.me)
Uma decisão recente da Justiça Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal pode significar uma considerável vitória para a liberdade profissional dos psicólogos e também um avanço para homossexuais egodistônicos (aqueles que se mostram insatisfeitos com sua atual conduta sexual e querem ajuda para se reorientar).

Na última sexta-feira (15), a Justiça divulgou uma decisão liminar sobre a Resolução 01/99, autorizando psicólogos a atenderem homossexuais nesta situação de insatisfação com sua atual conduta sexual.

A decisão foi proferida após uma ação popular ter sido apresentada por um grupo de mais de 30 psicólogos, que lutavam pelo direito de atender, também homossexuais egodistônicos. O documento tramitava desde 2014 e citava o caso da paranaense Marisa Lobo e da carioca Rozângela Justino, que foram perseguidas pelos Conselhos Regionais e Federal, acusadas de "promover a cura gay" em seus consultórios.

Confira imagens do documento da ata oficial de audiência, às quais o Guiame teve acesso:
"Sendo assim, defiro, em parte, a liminar requerida para, sem suspender os efeitos da Resolução nº 001/1990, determinar ao Conselho Federal de Psicologia que não a interprete de modo e impedir os psicólogos de promoverem estudos ou atendimento profissional, de forma reservada, pertinente à (re) orientação sexual, garantindo-lhes, assim, a plena liberdade científica acerca da matéria, sem qualquer censura ou necessidade de licença prévia por parte do C.F.P., em razão do disposto no art. 5º, inciso IX, da Constituição de 1988", disse o juiz federal Waldemar Cláudio de Carvalho em sua decisão.

Após a decisão liminar ser proferida, o Conselho Federal de Psicologia (o qual tinha primeiramente formulado primeiramente a Resolução que limitava a liberdade profissional dos psicólogos) publicou uma nota, na qual chamou o posicionamento da Justiça de "equivocada".

"Justiça Federal do DF preserva a íntegra do texto normativo, mas se equivoca ao definir como o Conselho Federal de Psicologia deve interpretar a resolução", destacou o texto publicado no site do CFP.

"A decisão liminar, proferida nesta sexta-feira (15/9), abre a perigosa possibilidade de uso de terapias de reversão sexual. A ação foi movida por um grupo de psicólogas (os) defensores dessa prática, que representa uma violação dos direitos humanos e não tem qualquer embasamento científico", acrescentou a nota do Conselho.

Ao final de sua nota, o Conselho Federal comunicou que ainda irá recorrer dessa liminar.

"O Conselho Federal de Psicologia informa que o processo está em sua fase inicial e afirma que vai recorrer da decisão liminar, bem como lutará em todas as instâncias possíveis para a manutenção da Resolução 01/99", afirmou.


Conquista


Segundo o advogado Leonardo Loiola Cavalcanti, a decisão da 14ª Vara Federal representa uma conquista, não somente para a psicologia, mas para a ciência de forma geral e também para o direito do consumidor.

"Dessa forma, todos os psicólogos podem atender os homossexuais egodistônicos, aqueles que não se aceitam em sua orientação sexual, sem o receio de serem punidos pelo Conselho Federal de Psicologia.

Viva a liberdade científica e o direito do consumidor!", afirmou o advogado em seu comentário sobre esta notícia.

FONTE: GUIAME, POR JOÃO NETO

domingo, 17 de setembro de 2017

Adolescente leva centenas de estudantes a Cristo: “Deus me chamou”

Ele começou seu próprio ministério na escola, aos 16 anos

por Jarbas Aragão
Resultado de imagem
Adolescente leva centenas de estudantes a Cristo

Quando você tem 16 anos e quer alcançar seus amigos com o evangelho, o que você faz? Jordan Whitmer decidiu organizar um evento evangelístico focado em estudantes que atraiu 750 alunos, onde 75 aceitaram a Cristo.

Ele estava terminando o ensino médio em Harrison, Arkansas. Hoje, com 19 anos é o fundador do HowtoLife [Como viver a vida], um movimento dirigido por estudantes que realizou 14 eventos evangelísticos em cinco estados americanos e planeja alcançar mais 12 estados ainda este ano.

Em 2014, Whitmer diz que sabia ser o Senhor que estava falando para que ele compartilhasse o evangelho com outros estudantes do ensino médio. “Deus deixou bem claro que desejava que eu fizesse algo mais”, afirmou.

Reunindo cinco de seus melhores amigos na sala de sua casa, Jordan fundou o #HowToLife e logo eles começaram a planejar o primeiro evento evangelístico. Em março de 2015, próximo ao North Arkansas College, ele viu a visão se concretizar.

Desde o início, explica o jovem, o foco eram os estudantes. Sua equipe organizou como seria a adoração, os esquetes de teatro, os testemunhos e a breve apresentação do Evangelho.

Conseguiram reunir 200 estudantes, que vestiram a mesma camiseta, promovendo os eventos. Desde então conseguiram atrair cerca de 5.000 alunos e pelo menos 400 aceitaram Cristo.

O jovem reconhece que a forma como o #HowToLife cresceu nos dois anos e meio desde esse primeiro evento foi “sobrenatural”. Para alguns, ele poderia ser comparado a Billy Graham. O estudante acredita que é Deus quem os está liderando. Falando sobre a evangelização, ele é enfático: “Muitos alunos querem fazer algo, mas não sabem como”.

Jordan explica que muitas vezes atrai cristãos para a equipe pelas redes sociais. Aqueles que realmente desejam colaborar, recebem telefonemas e, posteriormente, uma visita. O #HowToLife já tem grupos de voluntários espalhados por quase todo o país.

Curiosamente, eles avaliam que os eventos funcionam melhor “quando os adultos ficam longe do planejamento”, mas ao mesmo tempo sabem que sem esse apoio talvez não conseguiriam.
Avivamento juvenil

Recentemente, na cidade de Logan, estado de West Virginia, o adolescente Skyler Miller começou a ministrar aos seus colegas nos corredores da escola de ensino médio onde estudava.

Miller conta que estava em um culto de jovens na igreja que participa quando Deus colocou em seu coração que ele precisava pregar o evangelho. Alguns dias depois, andava pela escola quando tomou uma decisão. “Deus me disse, ‘Skyler, hoje é o dia. Eu quero que você pregue nos corredores da Logan High School”, relata.

O avivamento juvenil tomou conta, com centenas de conversões. Acabou se espalhando por toda a região e pelo menos 20 escolas (públicas e particulares) do estado que foram impactadas com essa “força” que parece ter despertado entre os estudantes. Com informações de CBN

Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br

sábado, 16 de setembro de 2017

Mulher encontra Bíblia boiando intacta após enchente e se impacta com sua mensagem

Ronda se deparou com uma Bíblia aberta em meio aos destroços deixados após o furacão Harvey no Texas.

A Bíblia estava indicando o livro de Cânticos 8:7 quando foi encontrada. (Foto: Reprodução)
A Bíblia estava indicando o livro de Cânticos 8:7 quando foi encontrada. (Foto: Reprodução)
Em meio aos destroços deixados após o furacão Harvey pelo Texas, nos Estados Unidos, uma mulher se deparou com uma Bíblia aberta na casa de seus sogros, em Houston.

A imagem do livro sagrado, que estava intacto, foi publicado por Ronda Rice Carman-Whitaker no Facebook. Em sua descrição, a mulher explica que foi com seu marido até a casa dos sogros, que vivem na região mais atingida pelo furacão.

“Matt e eu fomos para limpar a casa deles hoje. Estava horrível. Parecia uma zona de guerra”, disse ela na última quinta-feira (7).

Em meio ao caos, Ronda encontrou uma Bíblia aberta boiando sobre a água restante das enchentes. Quando se aproximou, ela percebeu que o livro estava indicando o livro de Cânticos 8:7.

“Nem muitas águas conseguem apagar o amor; os rios não conseguem levá-lo na correnteza. Se alguém oferecesse todas as riquezas da sua casa para adquirir o amor, seria totalmente desprezado”, dizia o versículo.

“Fiquei impressionada”, disse Ronda, que compartilhou o fato com sua sogra.

“O Senhor não é incrível? Ele sempre nos envia exatamente o que precisamos, no momento em que precisamos. Glória a Deus”, respondeu a sogra de Ronda, mesmo após perder todos os seus bens materiais.

A imagem viralizou nas redes sociais e já conta com mais de 66 mil curtidas no Facebook até o momento.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE FAITHWIRE

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Homem se entrega a Jesus, após sobreviver a grave acidente: "Deus esteve sempre comigo"

Rigoberto Gonzalez contou que um acidente de carro mudou completamente sua vida e o fez se aproximar de uma igreja.

Pastor Rigoberto Gonzalez se converteu após sofrer um grave acidente de carro e perder sua esposa. (Foto: San Diego Reader)
Pastor Rigoberto Gonzalez se converteu após sofrer um grave acidente de carro e perder sua esposa. (Foto: San Diego Reader)
Quem vê hoje o pastor mexicano Rigoberto Gonzalez liderando a Igreja Luterana 'Peace', em San Diego (EUA), não imagina a forma poderosa como Deus agiu em sua vida, restaurando seu coração ferido após um grave acidente de carro, que acabou levando sua esposa.

Rigoberto contou em uma entrevista ao site 'San Diego Reader' que até seus 40 anos de idade, era indiferente com a Palavra de Deus.

"Eu não conheci a Palavra de Deus até o início dos meus 40 anos. Nunca tinha aberto uma Bíblia antes disso", revelou.

Porém um grave acidente acabou mudando completamente o rumo de sua vida. Rigoberto estava dirigindo, com sua esposa, quando seu carro foi atingido por um motorista embriagado.

"Em 2001, aconteceu um evento devastador na minha vida - o carro que eu estava dirigindo foi atingido por um motorista bêbado, de frente, e o resultado foi que minha esposa de 28 anos morreu no acidente e eu fiquei internado no hospital muitos meses", explicou.

Devido aos danos que sofreu no acidente, Rigoberto não tinha condições de voltar a trabalhar e encontrou na Igreja, um grande apoio e seu caminho para a restauração.

"Eu não poderia voltar ao meu trabalho como um de transporte para a indústria cinematográfica aqui em San Diego. Eu também levei mais ou menos um ano para voltar a andar, porque muitas coisas aconteceram comigo, fisicamente", contou.

"Então eu comecei a frequentar a igreja, porque eu tinha que ocupar o meu tempo, mas eu também comecei a me voluntariar para trabalhar em diversas coisas diferentes, entreguei meu coração a Jesus e com o passar do tempo, acabei ingressando no seminário", acrescentou.


Restauração


Gonzalez confessou que após perder sua esposa no acidente, seu coração realmente ficou confuso e se encheu de raiva. Mas ao mesmo tempo, ele sentiu de forma muito palpável, o cuidado de Deus em sua vida.

"Mesmo no meio de todo aquele caos, quando minha esposa morreu, e na minha confusão, raiva e tudo o que estava passando, eu senti que Deus estava comigo. Ele colocou tantas pessoas boas na minha vida. A igreja da qual eu me aproximei, me ajudou muito", contou.

"Agora eu olho para a minha vida, tudo o que fiz e tenho certeza que Deus sempre esteve ao meu lado, cuidando de mim o tempo todo", afirmou.

Hoje, Rigoberto pastoreia a Igreja Luterana 'Peace', em San Diego e a mensagem que ele quer pregar por meio de seu ministério também é centrada em algo que ele vivenciou bem: o poder restaurador do amor e do perdão de Deus.

"Queremos entrar na comunidade e compartilhar o amor de Jesus. Nossa declaração de missão é 'Compartilhar com nossa comunidade o amor e o perdão de Cristo através da Palavra de Deus", destacou.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO SAN DIEGO READER

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Crescem os rumores sobre o “sinal no céu” do dia 23 de setembro

Líderes cristãos divergem sobre o que realmente irá ocorrer


por Jarbas Aragão
Resultado de imagem
Crescem os rumores sobre o "sinal no céu" do dia 23

Há uma grande controvérsia em torno do que de fato ocorrerá no próximo 23 de setembro, uma data que alguns acreditam ser profética. Diferentes líderes cristãos têm divulgado sua interpretação sobre o tema, que vão desde a afirmação de que os céus apontarão para um “arrebatamento” até o temor que uma grande catástrofe se abata sobre a Terra.


No mês passado, o jornal The Washington Post entrevistou vários estudiosos do tema, uma vez que o eclipse recente também era apontado como “sinal do fim”. Gary Ray, da revista Unsealed, especializada em profecias, afirmou ao Post que é impossível ignorar que o alinhamento das estrelas, do Sol e da Lua na noite do 23 tem semelhanças com a profecia de Apocalipse 12.

Geralmente visto como algo simbólico e não literal, o texto fala sobre uma mulher dando à luz enquanto está revestida pela luz do Sol e seus pés estão na Lua.

Pois a constelação de Virgem ficará justamente nessa posição dentro de duas semanas, com o planeta Júpiter saindo de dentro de sua “barriga” naqueles dias. Embora muitos cristãos confundam astrologia com astronomia, durante milhares de anos os povos do Oriente observavam o universo em busca de sinais.

Acredita-se que a estrela que conduziu os reis magos até Jesus tenha sido, na verdade, um raro fenômeno astronômico, que envolvia o alinhamento de planetas.

Ray diz acreditar que as 12 estrelas mencionadas na profecia são, na verdade a constelação de Leão (que tem 9 estrelas) mais os planetas Vênus, Marte e Mercúrio, alinhados a ela. Para o estudioso, esse é um dos sinais de que o arrebatamento está muito próximo de acontecer.

Para ele, o eclipse do dia 21 de agosto também foi um sinal profético “nos céus” e que os cristãos deveriam estudar mais sobre o Antigo Testamento, que diversas vezes fala sobre as estrelas como uma maneira de Deus falar à humanidade.

“Deus está nos avisando de que estamos prestes a ver uma nova fase no planeta”, insiste, afirmando que o eclipse de 2017 marcou o início da Grande Tribulação e o próximo, que ocorrerá em 2024 marcaria o final deste período de 7 anos, que muitos acreditam ser detalhado na Bíblia.

Se o testemunho de Ray, pouco conhecido no meio evangélico, parece alarmista, o que pensam outros estudiosos? O doutor Danny Faulkner, astrônomo que trabalha com o ministério Respostas em Gênesis, lembra que esse seria um evento muito raro, que ocorre apenas uma vez a cada 7.000 anos.

Por isso, Faulkner admite que embora possa parecer especulativo “esse período de tempo entre 2017 e 2024 faz muito sentido”. “Há muitas coisas que realmente apontam para isso”, completa.

A sequência de furacões e os terremotos seguidos observados nas últimas semanas também vem sendo apontados como “sinais do fim”. Para os que olham para Israel como o “relógio de Deus”, essas coisas ganham outra dimensão por ocorrerem no ano 5777 de calendário hebraico, onde 5 é considerado o número da graça e 7 o perfeito e o completo, ou seja, 777 seria três vezes completo.

De acordo com o Faith Wire, há uma série de vídeos circulando na internet e inclusive católicos têm debatido o assunto. Contudo, os críticos lembram que houve muita especulação sobre as “luas de sangue” que apareceram sobre Israel em datas específicas do calendário bíblico, mas nada de significativo aconteceu.
Gogue e Magogue

O líder do ministério “Cristãos Unidos por Israel”, pastor John Hagee, discorda, lembrando que logo após o aparecimento da “quarta lua do sangue, a Rússia passou a levar suas tropas e armamentos pesados para o Oriente Médio”. Por isso, ele acredita que tratava-se do prenúncio de uma guerra contra Israel.

“[Os russos] levaram suas forças militares para o Oriente Médio. O capítulo 38 do livro de Ezequiel afirma [aos judeus] que, quando o rei do norte saísse do norte, ‘Eu os trarei da terra do norte’. Então, estamos nos preparando para assistir ao começo da Guerra de Gogue e Magogue”.

Em retrospectiva, o pastor Hagee acredita que “a Rússia não vai sair do Oriente Médio. Eles irão se juntar ao Irã para reunir um grande exército, que tentará fazer uma invasão do Estado de Israel por via terrestre”.

Quem desejar entender melhor essa teoria, este é um dos vídeos que circula pela internet:
Fonte:https://noticias.gospelprime.com.br

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Mulher desiste de aborto após se deparar com versículo bíblico: “Deus falou comigo”

Kimberly já estava na clínica de aborto, quando encontrou um versículo escrito dentro de sua carteira.

Kimberly e sua filha, Vaida, após o parto que aconteceu em agosto. (Foto: Reprodução)
Kimberly e sua filha, Vaida, após o parto que aconteceu em agosto. (Foto: Reprodução)
Mãe de três pequenas crianças e comprometida com um namorado infiel, Kimberly Henderson buscou solucionar sua nova gravidez inesperada em uma clínica de aborto.

A jovem passou sete horas na sala de espera de uma clínica de aborto nos Estados Unidos, tentando se convencer de sua decisão. “As pessoas em minha volta estavam comendo, rindo, mexendo no celular. Eu, por outro lado, estava uma pilha. Eu mantive meu rosto para baixo, encharcado de lágrimas”, ela acrescentou.

Kimberly continuou tentando se convencer sobre o aborto, mas seu coração estava em conflito com sua escolha. “Eu senti que estava prestes a tomar uma decisão horrível e Deus estava me dando sinais para não fazer isso”, afirmou.
A jovem teve diversos contratempos durante todo o dia e pediu a Deus para dar um sinal a ela. Quando ela foi chamada para ser atendida, ela se atrapalhou e deixou sua carteira cair no chão. Ao pegar seus documentos, ela se deparou com um cartão com o versículo bíblico de Isaías 41:10.

“Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; Eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa”, disse o cartão entregue por um casal cristão a Kimberly em seu local de trabalho. “Eu sabia que Deus estava falando comigo”, afirmou.

Kimberly estava pronta para deixar a clínica quando foi abordada por uma jovem de 19 anos, que disse: ''Eu gostaria de ser corajosa como você’. Eu disse que ela era valente e poderia fazer a mesma coisa. Ela disse que tinha que fazer isso por causa de algumas circunstâncias graves. Quando me virei, ela disse: ‘Quando você ver o rosto do seu bebê pela primeira vez, você vai ficar tão feliz quanto hoje''.

Vaida Everly nasceu em agosto e trouxe muita alegria a Kimberly. “Me lembro de vê-la pela primeira vez e começar a chorar. Ficaram gravadas na minha cabeça as palavras que a menina me disse antes de deixar a clínica naquele dia. Minha filha me deu uma sensação de alegria que eu não consigo explicar. Estou apaixonada”, disse a mãe.
Vaida Everly nasceu em agosto e trouxe muita alegria a Kimberly. (Foto: Reprodução)
FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE FAITH I