Google+ Followers

sábado, 13 de agosto de 2016

Pastor convoca 'cidade rica' dos EUA a ajudar moradores de rua: "Precisamos alcançá-los"

"As pessoas estão vivendo sob viadutos e usando banheiros sujos em uma das nações mais ricas do mundo. A Igreja tem de cumprir com o seu papel de testemunhar", disse o pastor. (Foto: Reuters)
"As pessoas estão vivendo sob viadutos e usando banheiros sujos em uma das nações mais ricas do mundo. 
A Igreja tem de cumprir com o seu papel de testemunhar", disse o pastor. (Foto: Reuters)

"As pessoas estão vivendo sob viadutos e usando banheiros sujos em uma das nações mais ricas do mundo. A Igreja tem de cumprir com o seu papel de testemunhar", disse o pastor Scott Wagers.

Um pastor da cidade de San José, Califórnia (EUA) está convidando os cristãos que vivem em um dos condados mais ricos dos Estados Unidos a abrirem os olhos para a realidade de que milhares de pessoas em seu meio não têm lugar para chamar de lar.

"Abra os seus olhos, San José", diz o Pastor Scott Wagers, que lidera o ministério de libertação 'CHAM', em um vídeo do YouTube, no qual detalha seu trabalho entre os desabrigados no condado de Santa Clara, Califórnia (EUA).

Wagers é um ex-fisiculturista e formado pelo ministério 'Discípulos de Cristo'. Ele disse ao site 'Religion News Service' que a "crise humana" o tem levado a tomar essa atitude de alertar a população local.

"As pessoas estão vivendo sob viadutos e usando banheiros sujos em uma das nações mais ricas do mundo. A Igreja tem de cumprir com o seu papel de testemunhar", disse ele.

Até dois anos atrás, Wagers serviu centenas de sem-teto da cidade em um acampamento conhecido como "The Jungle" ("A Selva"), levando-lhes comida, água, cobertores e suprimentos.

Falando sobre a iniciativa do pastor em ajudar os desabrigados, um ex-morador do acampamento que foi atendido por Wagers, chamado Lex Mayweather disse: "Sem ele, não há nenhum nós. Porque se o nosso Senhor Jesus Cristo e ele não viesse para nos ajudar, muitas pessoas aqui estariam mortas ou na prisão".

O acampamento "The Jungle" já não existe mais, após a polícia ter despejado os moradores e cercado a área em 2014, mas o pastor e outros voluntários do ministério 'CHAM', como Robert Aguirre - também ex-morador do acampamento - continuam a sua missão de servir os desabrigados onde quer que eles estejam.

Ao contrário de outros programas que exigem que os sem-teto para visitar centros específicos para receber os serviços de ajuda, Wagers tem uma abordagem diferente, dirigindo em uma uma van chamada de "Mercy Mobile" ("Graça Móvel"), que passa por cada acampamento onde os sem-teto estão aglomerados.

Alcance
"Temos que ir até eles", disse Wagers em uma entrevista ao Mercury News no mês passado, sobre os sem-teto que vivem em áreas mais remotas, onde se concentra grande parte de seus esforços. "Eles não vão chegam centro da cidade. Esperar que eles venham é um modelo antiquado".


O pastor tem feito críticas, tanto ao governo local, quanto aos executivos das empresas de tecnologia.

Embora a cidade de San Jose esteja prestes a aprovar o financiamento de 950 milhões de dólares para construção de habitação para os sem-teto, Wagers lamenta que a cidade " tenha se tornado mais vigorosa em varrer sua área", regularmente expulsando os moradores de rua sob o disfarce de riscos ambientais e segurança Pública.

"Os sem-teto são como os refugiados, que se deslocam de um lugar para outro", disse Wagers ao site cristão. "Ninguém os quer em lugar nenhum".

Com a maior renda familiar média da nação, aproximadamente 50% dos moradores de San José ganham mais de 100.000 dólares por ano. Os preços das casas gira em torno de 1 milhão dólares na cidade e o aluguel de um quarto individual em um apartamento provavelmente custa entre 800 e 1.500 dólares por mês.

"Eu não sou socialista, nem capitalista", disse Wagers. "Eu sou um cristão. E isso é chocante para mim. Qual é o nosso papel como cristãos? 'O que você fizer ao menor destes você fará também por mim".

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST



sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Ideologia de gênero ganha 'mascote' nos EUA e pastor alerta: "Lavagem cerebral"

'Unicórnio do gênero' é o mascote de um programa que visa promover a ideologia de gênero nas escolas. (Foto: keepmyncsafe)
'Unicórnio do gênero' é o mascote de um programa que visa promover a ideologia de gênero nas escolas.
 (Foto: keepmyncsafe)

Conhecido como "Unicórnio do Gênero", o mascote faz parte de um programa de treinamento que também pretende restringir a interferência dos pais nos 'debates' que a escola promove sobre a 'identidade transgênero'.

Um distrito escolar da Carolina do Norte, que aderiu recentemente à 'política de banheiros transgêneros' recebeu cerca de 2.500 cartas de reclamação, após uma noa iniciativa, que tem sido apontada como mais uma ferramenta de disseminação da ideologia de gênero entre os alunos: o uso do material com o personagem "Gender Unicorn" ("Unicórnio do Gênero").

O Distrito Escolar de Charlotte-Mecklenburg (CMS) decidiu no início deste ano, permitir que os alunos utilizem os banheiros e vestiários conforme a sua 'identidade de gênero' escolhida - o que desafia a lei 'HB 2', já existente na Carolina do Norte.

Em resposta, um grupo de proteção dos Direitos da Família elaborou uma carta de reclamação, chamando cidadãos interessados ​a enviarem a mensagem às diretorias das escolas, antes de sua reunião que seria realizada na última terça-feira (9).

Jim Quick, porta-voz da Coalizão, falou ao 'Christian Post' sobre o número de pessoas que estão protestando contra a política de de banheiros trasngêneros nas escolas.

"Tivemos 1.575 indivíduos baixando a carta da Coalizão para assinar e enviar para o Distrito Escolar Charlotte-Mecklenburg. Outras 877 famílias enviaram a mensagem a cada membro do conselho via e-mail, usando o site ligado à Coalizão 'KeepMyNCSafe.com", explicou Quick.

"95% indivíduos que estão fazendo contato conosco via e-mail têm filhos matriculados no sistema escolar de Charlotte-Mecklenburg"

Agravante
O Distrito Escolar passou a ser ainda mais criticada quando divulgou um link para uma apresentação de treinamento, que fazia uso de um personagem dos desenhos animados, conhecido como "gender unicorn" ("unicórnio do gênero").


O caráter pró-LGBT do "gender unicorn" era parte de um treinamento em que os professores eram orientados de que o envolvimento dos pais poderia não ser necessário nas questões de estudantes que 'lutam com problemas de identidade de gênero'.

A Superintendente do Distrito Escolar Charlotte-Mecklenburg, Ann Clark anunciou na semana passada que o grupo de escolas iria atrasar a implementação de parte de sua política de banheiros transgêneros, devido a uma recente decisão do Supremo Tribunal dos EUA.

"Como resultado da decisão [de quarta-feira] da Suprema Corte dos Estados Unidos, nós colocamos uma retenção temporária na seção do 'regulamento de prevenção do bullying contra transgêneros', que afirma que os alunos transexuais terão acesso aos banheiros e vestiários, de modo correspondente à sua identidade de gênero", afirmou Clark.

"O CMS continua empenhado em fomentar um ambiente de aprendizagem seguro e acolhedor para todos os estudantes... O restante do regulamento, que se destina a promover a coerência de apoio ao projeto anti-bullying para todos os alunos, permanecerão intactos".
Pastor Franklin fez duras críticas à iniciativa do Distrito Escolar. (Foto: Christian Post)

Críticas
O pastor e evangelista Franklin Graham comentou a notícia em uma postagem de sua página oficial do Facebook.


Ele apontou a estratégia de usar o 'unicórnio do gênero' como uma ferramenta para fazer uma lavagem cerebral nas crianças.

"O Unicórnio do Gênero? As Escolas do Distrito de Charlotte-Mecklenburg na Carolina do Norte querem tentar fazer uma lavagem cerebral em nossas crianças, para que elas aceitem que o comportamento homossexual e a identidade transgênero são coisas boas. Eles estão usando um 'inocente' unicórnio do gênero para fazer isso", alertou.

"Pais, cuidado. Eles estão usando este unicórnio para manipular a imaginação das crianças e fazer com que isso pareça aceitável. Sua nova política escolar, prevista para entrar em vigor no dia 29 de agosto, inclui a política de banheiros transgêneros".

"A nova política também diz que a escola vai trabalhar com os alunos para 'determinar quando os pais devem ou não estar envolvidos na definição da identidade de gênero dos estudantes. Os pais devem estar indignados e nós também devemos", disse.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST



quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Idosa com Alzheimer recupera memória ao ouvir hino cristão de bisneta; assista


A jovem Olívia Erway propôs cantar o hino "How Great Thou Art" ("Grandioso és Tú") para sua bisavó e o resultado foi surpreendente: a senhora idosa se lembrou de parte da letra da canção.

Quem nunca teve a oportunidade de se lembrar de bons tempos do passado quando ouviu aquela canção especial? Pois foi exatamente isso que a jovem Olivia Erway quis fazer quando se ofereceu para cantar um hino à sua bisavó, que sofre com o Mal de Alzheimer e está em tratamento.

A mãe da adolescente registrou o momento tocante e publicou no Facebook, mas não imaginava que fosse tocar tão fortemente os corações de tantos outros usuários com um vídeo tão singelo.

"Momento doce, quando eu pedi a Olivia que cantasse para sua bisavó e ela começou a cantar junto", disse Holly Erway, ao compartilhar o vídeo em maio deste ano (2016). A postagem já ultrapassou 12 milhões de visualizações, somente a partir do perfil de Holly.

Quando um jovem Olívia se propôs a cantar um hino atemporal para sua bisavó, o resultado foi belíssimo.

A família Erway estava reunida, desfrutando de uma visita à senhora idosa e Olivia Erway, sentou-se ao lado da bisavó, inclinou-se e perguntou: "A senhora quer que eu cante um hino?".
A audição da idosa já não permitia uma boa compreensão de tudo que lhe diziam, mas o pai da moça ajudou, repetindo: "Ela vai cantar um hino para a senhora!".

Então Olivia começou a cantar "How Great Thou Art" ("Grandioso és Tú"), um hino que era familiar para sua bisavó.

Enquanto a bela voz de Olivia ecoava pelo quarto, o inesperado aconteceu: a bisavó começou a cantar junto.

Música e fé

O momento musical que a família Erway é um poderoso exemplo de como a música e memória andam de mãos dadas. Além disso, também mostra o valor que a fé pode ganhar, enraizada nas mentes e corações das pessoas.


A Fundação de Alzheimer da América (EUA) sugere que a música seja incorporada ao trabalho de cuidado diário de uma pessoa que vive com demência ou Alzheimer e afirma que os benefícios são notáveis.

FONTE: GUIAME




quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Publicitária cristã cria jogo que incentiva pessoas a compartilharem testemunhos

Thalita Lin sempre sonhou em usar a sua formação para criar produtos criativos que aproximassem as pessoas. (Foto: Divulgação).
Thalita Lin sempre sonhou em usar a sua formação para criar produtos criativos que aproximassem as pessoas. 
(Foto: Divulgação).

O jogo busca promover formas de quebrar o gelo, conhecer os visitantes e aproximar os integrantes de uma célula ou pequeno grupo.

Com o intuito de promover a comunicação, o conhecimento mútuo e a comunhão entre os integrantes de um grupo, a publicitária cristã Thalita Lin desenvolveu um jogo chamado “Compartilha!”. A iniciativa busca a interação por meio de um bom papo para que o grupo, seja célula ou de estudo bíblico, possa se conhecer mais.

Para muitos grupos cristãos, fazer com que seus membros interajam entre si, pode ser uma tarefa difícil pois exige esforço e criatividade para inovar a cada encontro. Foram esses desafios que inspiraram a criação do recurso.

Projetado como um jogo de cartas, o “Compartilha!” vem com perguntas e possui duas versões: a “Pocket”, com 50 cartas sobre assuntos diversos, e a versão “Comunhão”, com 80 cartas que incluem questões específicas sobre a vida cristã.

Por exemplo: “Se você pudesse conversar com Jesus face a face por 10 minutos, sobre qual assunto conversaria?”. Ou: “Qual milagre bíblico você gostaria de presenciar nos dias de hoje?”. Existem diversas formas de jogar e não existem respostas certas ou erradas, nem ganhadores ou perdedores. A proposta do jogo é que ele possa ser usado em família, com os amigos, em células e em toda variedade de encontros.

Moradora de Belo Horizonte (MG), Thalita Lin sempre sonhou em usar a sua formação para criar produtos criativos que aproximassem as pessoas. A iniciativa da publicitária cristã chegou a chamar a atenção da empreendedora e escritora Bel Pesce, considerada uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil em 2012.

Thalita foi convidada pela empreendedora para ministrar uma aula em seu curso “Criatividade Conectada”, falando do surgimento da ideia e do processo de elaboração do conceito, produção e venda dos jogos.

“Como existe gente criativa neste mundo! A Thalita Lin foi minha aluna do ‘Curso Criatividade Conectada’ e encantou a todos com a sua vontade de mudar o mundo através de jogos!”, disse Bel.

Já foram vendidos cerca de 3.500 jogos desde o seu lançamento, em junho de 2015. Os números refletem o interesse das pessoas em retomar o contato face a face e a comunicação simples, numa época em que as interações tecnológicas ocupam a maior parte do nosso tempo.

A versão “Comunhão” é focada nos líderes de pequenos grupos, os quais encontram no jogo um recurso a ser utilizado em suas reuniões, como forma de quebrar o gelo, conhecer os visitantes e aproximar os integrantes. Cerca de 2 mil líderes cristãos já estão usando o “Compartilha!” em suas células.

Temáticas
O jogo possui perguntas que abordam temas como a música preferida, um momento especial em família, uma lembrança marcante da infância ou mesmo os desafios da vida cristã. O objetivo é criar um ambiente seguro e saudável para as pessoas se expressarem e sentirem que são ouvidas e importantes. Além disso, incentiva o autoconhecimento e a autorreflexão e retoma a importância do contato face a face e da comunicação oral.

Outros assuntos que podem ser abordados pelo jogo: bullying nas escolas, problemas no ambiente de trabalho, afastamento entre pais e filhos, entre outros.

Thalita Lin comentou sobre a importância de sua criação. “O valor do ‘Compartilha!’ está em mostrar o valor das pessoas. As perguntas criativas, as cartas coloridas e as embalagens bonitas, nada mais são do que instrumentos para você descobrir um tesouro na pessoa desconhecida ao seu lado”, ressaltou.

Confira um vídeo sobre o jogo:


FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA



terça-feira, 9 de agosto de 2016

Irmãos expulsos de casa após conversão encontram abrigo em igreja, na Etiópia

Os irmãos encontraram refúgio em uma pequena igreja em outra cidade. (Foto: Reprodução).
Os irmãos encontraram refúgio em uma pequena igreja em outra cidade. (Foto: Reprodução).

Os irmãos tiveram de fugir ao descobrir que seus familiares planejavam sua morte. Para eles, a conversão dos jovens era motivo de vergonha.

Uma igreja na Etiópia, a segunda nação mais populosa da África, serviu de abrigo e refúgio para dois irmãos que se converteram aos cristianismo. Ulfi, de 27 anos, e seu irmão Hade, de 18 (nomes alterados por motivos de segurança), estão sofrendo perseguição religiosa por tomarem a decisão de seguir a Cristo.

Na cidade de Meraro, localizada no centro da Etiópia, os irmãos passaram por muitas dificuldades em relação a seus familiares. O primeiro a se converter foi Ulfi, que mesmo contra a vontade de sua família, permaneceu firme na fé cristã. Depois de tanta pressão, os pais de Ulfi o expulsaram de casa.

Um mês depois, Hade percebeu a grande transformação e perseverança do irmão, que suportou todas as dificuldades por amor a Cristo. Foi aí que ele decidiu seguir o cristianismo, assim como seu irmão. Pouco tempo depois, Hade também foi expulso de casa.

Depois de passarem vários dias na rua, Ulfi e Hade tiveram de fugir de Meraro. O motivo foi a descoberta de que seus familiares planejavam cometer um “crime de honra”, pois consideraram a conversão dos irmãos uma vergonha para a família. Os irmãos encontraram refúgio em uma pequena igreja da Etiópia.

Amparo
Pelo fato de estarem apenas com a roupa do corpo, eles ainda enfrentram muitas dificuldades, apesar de estarem em segurança. A igreja local também era muito necessitada, mas os ajudou com os suportes básicos, como roupas e alimentação.

Para conseguir emprego e alguma fonte de renda, o irmão mais velho, Ulfi, precisou mudar para uma cidade maior. Mesmo batalhando diariamente, ambos permanecem firmes na fé cristã. Hade afirma que “o futuro é incerto”, como é para todos os cristãos etíopes, mas diz que eles estão esperançosos.

A organização cristã “Portas Abertas” tem auxiliado os irmãos com roupas, alimentos e outras necessidades básicas, além de ajudar no pagamento das taxas escolares de Hade.


FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE PORTAS ABERTAS



segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Uma vida dedicada a Deus



Nigéria

"Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé". (2 Timóteo 4.7)

Algumas mortes recentes de cristãos nigerianos serviram para a refelxão da importância que tem um ministério cumprido com integridade. Existem mártires até os dias de hoje, que podem olhar para o céu e declarar: "Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé". (2 Timóteo 4.7). Eunice*, de 42 anos, foi uma guerreira de Cristo. Em julho, ela foi atacada por militantes radicais islâmicos, enquanto pregava a Palavra numa pequena igreja, perto de sua casa, na região de Kubwa, na cidade nigeriana de Bwari. Ela era casada com o líder cristão Olowale Eliseu e tinha sete filhos. O funeral aconteceu em 23 de julho, dia em que Eunice comemoraria mais um aniversário.

Eliseu conta que nas últimas semanas houve alguns contratempos.

Eunice pregava ao lado de uma mesquita. "Num certo dia, o pregador muçulmano fez silêncio para ouvir o que ela dizia na igreja. Alguns dias depois, um estranho procurou minha esposa, se identificando como um imã (líder muçulmano), e pediu uma quantia em dinheiro. Ela disse que não tinha e ele agiu violentamente. Eu andava muito preocupado com ela, mas ela se levantava todos os dias às 5hs para ir à igreja e realizar seus trabalhos evangelísticos", disse ele.

Na noite anterior, segundo Eliseu, eles oraram durante várias horas e Eunice cantou muitos louvores a Deus. "Eu não sabia que aquele era o nosso último dia juntos. Quando fomos dormir já passava das quatro horas da manhã, e mesmo assim, às cinco, ela foi para a igreja para a sua pregação matutina. "Minha mulher morreu pregando o evangelho, e a vida dela foi dedicada para Deus. Ela honrou a Cristo. Não sei se os culpados serão presos ou não, mas eles devem ser perdoados. Eu oro para que eles conheçam Jesus e se convertam. Nós estamos bem, recebemos o consolo e muitas palavras encorajadoreas da Portas Abertas", conclui o marido.
*Nomes e foto alterados por motivos de segurança.

Pedidos de oração
  • Ore para que Deus console a família da irmã Eunice e que sua vida dedicada ao evangelho sirva de exemplo a todos os irmãos.
  • Eliseu continua com todos os trabalhos que estavam sendo realizados na igreja onde ele dirigia junto de sua esposa. Interceda pela vida dele, para que tenha força e estratégia para seguir em frente.
  • Ore também pelos filhos de Eunice e que eles sejam confortados através do Espírio Santo. Peça ao Senhor para tocar nos corações dos militantes que tiraram a vida de Eunice, que eles possam ser impactados pelo evangelho.
Fonte: www.portasabertas.org.br


domingo, 7 de agosto de 2016

Billy Graham pede que as pessoas não confiem em videntes: "O futuro está nas mãos de Deus"

Billy Graham é um dos mais conhecidos evangelistas da atualidade. Aos 97 anos, o pastor continua escrevendo artigos e compartilhando do Evangelho com o apoio de sua equipe ministerial. (Foto: Associação Evangelística Billy Graham)
Billy Graham é um dos mais conhecidos evangelistas da atualidade. Aos 97 anos, o pastor continua escrevendo artigos e compartilhando do Evangelho com o apoio de sua equipe ministerial. (Foto: Associação Evangelística Billy Graham)

"Será que Deus prometeu revelar o futuro para nós? Não da maneira detalhada que cartomantes falsamente pretendem fazer - e por uma boa razão", alertou Graham.

Quando se questionam sobre o futuro, as pessoas devem colocar a sua confiança em Deus e não as palavras de 'adivinhadores', diz o reverendo Billy Graham.

Em um texto recentemente publicado em sua coluna de aconselhamento, o evangelista de 97 anos de idade recebeu uma pergunta de uma pessoa que queria saber o que o futuro reservava para ela.

"Se Deus sabe o que vai acontecer no futuro, porque Ele não vai em frente e nos diz? Eu tentei a astrologia e coisas assim, para que eu pudesse descobrir o futuro, mas eu não acho que essas coisas sejam confiáveis. Deus é melhor que tudo isso?", perguntou a pessoa em mensagem enviada ao site da Associação Evangelística Billy Graham, nos EUA.

O renomado pregador começou sua resposta elogiando a pessoa, por ela ter chegado à conclusão de que cartomantes e videntes não são confiáveis. Em seguida, ele observou que: "Deus não nos deixou no escuro em relação ao futuro".

"O futuro está nas mãos de Deus - e um dia Ele vai intervir para colocar um fim em todos os males e injustiças deste mundo", escreveu Graham.

"Isso acontecerá quando Cristo vier novamente em glória, para estabelecer o Seu Reino perfeito de justiça. A Bíblia diz: 'Mas nós, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e nova terra, em que habita a justiça' (2 Pedro 3 : 13)".

Graham disse ainda que a leitura da sorte e astrologia "não são guias confiáveis ​​para o futuro" e, em seguida, comparou a abordagem da cartomante com a abordagem de Deus sobre o futuro.

"Será que Deus prometeu revelar o futuro para nós? Não, não da maneira detalhada que cartomantes falsamente pretendem fazer - e por uma boa razão", acrescentou Graham.

"Por um lado, se soubéssemos exatamente o que ia acontecer com a gente todos os dias, nós não teríamos que confiar em Deus sobre o nosso futuro - ou mesmo orar por isso. Mas nós não sabemos. E devemos dobrar nossos joelhos todos os dias para pedir Sua orientação e proteção".

O pastor finalizou sua resposta, aconselhando a pessoa que lhe fez a pergunta a confiar apenas em Jesus Cristo e deixar seu futuro nas mãos dEle.

"Não coloque sua confiança em nada nem ninguém além de Jesus Cristo, mas deposite sua fé, sua vida e seu futuro em Suas mãos", finalizou.


FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST