Google+ Followers

quinta-feira, 3 de março de 2016

Polícia fecha um Centro de Reabilitação para mulheres cristãs


3-tajiquistao-0100100143


O líder cristão foi proibido de continuar com suas atividades e muitas mulheres e crianças podem ficar sem abrigo novamente

O Centro de Reabilitação Cristão do Tajiquistão é um lugar que acolhe mães solteiras. Há mulheres que chegam ali com seus sete filhos, bebês de alguns meses ou até crianças de 11 anos de idade. A maioria se converte ao cristianismo após receber ajuda. O local fica numa pequena propriedade de um líder cristão local chamado Ahad. Antes do projeto existir, a mãe dele morava nessa casa, mas depois da partida dela, o líder decidiu iniciar o ministério. "Alguns dias atrás, policiais invadiram a casa, enquanto as mulheres estavam lendo a Bíblia. Elas foram levadas com seus filhos para uma delegacia. O líder cristão foi chamado imediatamente e submetido a um interrogatório que durou mais de três horas", comenta um dos analistas de perseguição.

Ele também comenta que os policiais agiram de forma cruel, acusando-o de propagar outra religião e ameaçando prendê-lo, mesmo com todas as explicações do trabalho que é realizado no local, para mulheres desabrigadas e abandonadas com filhos pequenos. "O resultado foi uma multa e a proibição de continuar com as atividades no Centro de Reabilitação. O local deverá ser fechado e as mulheres terão que sair do imóvel até o dia 5 de março. Nenhuma delas tem para onde ir e estão aflitas pelo futuro de seus filhos", explica o analista.

Tajiquistão está no 31º lugar na Classificação da Perseguição Religiosa deste ano, e subiu muito em relação ao ano passado, quando ocupava a 45ª posição. O governo está impondo ainda mais restrições à população, principalmente a cristã. A liberdade dos meios de comunicação está comprometida e o islã está dominando boa parte do país. Aqueles que querem seguir a Cristo encontram muitos obstáculos e os pais são proibidos de falar sobre a Palavra de Deus aos seus filhos, devido a uma lei que vigora e que estabelece 2 anos de prisão para quem infringi-la. Ore pelo Tajiquistão!


Pedidos de oração

  • Ore por essas mulheres cristãs que podem ficar desabrigadas em apenas alguns dias. Peça a Deus para providenciar um local para elas e seus filhos.

  • Peça ao Senhor para que as autoridades locais sejam tocadas pelo amor de Cristo e que sejam maleáveis quando às decisões tomadas.

  • Ore por todos os cristãos do Tajiquistão, eles estão enfrentando momentos difíceis com a repressão do governo e a perseguição religiosa.
    Fonte: www.portasabertas.org.br