Google+ Followers

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Idosa fica viúva após 90 anos de casada e relembra união: "Foi uma bênção"

A Sra. Kartari Chand já havia dito que aceitaria quando chegasse a hora de seu esposo partir. "Tudo depende da vontade de Deus, mas nós realmente podemos dizer que vivemos uma boa vida", disse ela.

Karam e Kartari Chand foram casados por 90 anos. (Imagem: aaj.tv)
Karam e Kartari Chand foram casados por 90 anos. (Imagem: aaj.tv)

Faleceu na última sexta-feira (1), Karam Chand, um homem que morava no Reino Unido e ficou conhecido por ter o casamento mais longo do mundo. Pouco antes de seu 111º aniversário, o idoso morreu, deixando sua esposa Kartari, com quem foi casado por 90 anos.

O casal celebrou sua união oficialmente na Índia, em 1925, durante o Raj britânico e se mudou para a Inglaterra 40 anos depois, de acordo com a BBC. O casal teve oito filhos, 27 netos e 23 bisnetos.

"Eu e toda a nossa família estamos orgulhosos de meu pai. Com a graça de Deus ele foi em paz", disse Paul, filho do casal em um depoimento à BBC. "É uma daquelas coisas que ninguém pode impedir, todo mundo tem que ir um dia".

Paul disse que sua mãe, depois de viver casada por tanto tempo, ficou um "pouco chocada" com a morte de Karam, mas disse que ela vai ficar bem.

Os membros da família disseram ao 'Indian Express' que o casal vivia em harmonia, em uma atmosfera de companheirismo.

Apesar da dor que sentiu com a partida de seu marido, Kartari Chand disse que foi uma bênção passar tanto tempo casada com Sr. Karam.

Harbhajan Das, outro filho de Karam Chand, disse: "Meu pai sempre dizia que a felicidade e o contentamento foi o que os manteve em uma uma vida tão longa e bela".

Ele também disse que seu pai tomava seu desjejum às 6:30, todas as manhãs e "comia uma maçã quase que diariamente".

Em uma entrevista anteriormente concedida ao Daily Mail, enquanto celebrando o 89º aniversário do casamento de seus pais, Paul explicou que uma das coisas que sua família fez para mantê-los saudáveis ​foi dar-lhes uma "vida livre de estresse".

Karam Chand, que era operário de fábrica aposentado, disse que, no passado, mesmo acreditando que a vida deve ser aproveitada, isso não poderia ter exageros.

"Podemos comer o que quisermos, mas com moderação. Eu nunca fui impedido de desfrutar a minha vida", disse ele de acordo com o Daily Mail.

Sua esposa concordou.

"Nós sempre comemos uma boa comida saudável, não há nada artificial em nossa dieta, além de produtos como manteiga, leite e iogurte. É disto que nós gostamos", contou Kartari na época.

"Nós sabemos que permanecer casados por tanto tempo é uma bênção, mas também estaremos prontos para irmos quando fora a hora certa. Tudo depende da vontade de Deus, mas nós realmente podemos dizer que vivemos uma boa vida", disse ela.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST