Google+ Followers

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Radicais islâmicos atacam cristãos na Índia

Ataque aconteceu na aldeia Nutangram, no distrito de Murshidabad


Radicais islâmicos atacam cristãos na Índia
Os cristãos do Estado de Bengala Ocidental, leste da Índia, ainda se recuperam dos graves ferimentos sofridos depois que redicais
islâmicos atacaram uma reunião de oração e os agrediram

O ataque aconteceu na aldeia Nutangram, no distrito de Murshidabad,  e foi realizado por "cerca de 100 islâmicos radicais", comandados pelo líder radical Mohammed Aanu Shaike.

Nenhum líder ou grupo radical reinvindou o ataque de imediato. O grupo islâmico, "invadiu a reunião de oração" que ocorria na casa de um cristão e os agrediu verbal e fisicamente, inclusive as mulheres que estavam presentes".

Mulheres muçulmanas teriam incentivado a agressão às mulheres cristãs, disseram testemunhas. Os radicais com facas nas mãos perseguiram os cristãos e as crianças, ameaçando matar todos eles.

Os cristãos foram vistos "correndo para salvar suas vidas e as de seus filhos que choravam de medo, mas eles foram impedidos por radicais que os agrediram com pontapés, empurrões e agressões verbais ", acrescentou um cristão, que não quis revelar sua identidade.

Cerca de 500 muçulmanos supostamente observavam a cena e achavam "divertido”. Os cristãos foram  perseguidos por cerca de uma hora e meia, muitos ficaram seriamente feridos.

A polícia local disse que prontamente foi para o local após ser informada por líderes cristãos sobre o incidente. Não houve relatos de que os suspeitos foram detidos.

O aumento de ataques muçulmanos contra cristãos é um fenômeno relativamente novo na Índia, uma nação predominantemente hindu, onde na maioria das vezes, radicais hindus são os principais perseguidores da minoria cristã.
Fonte: Portas Abertas 

OREMOS PELOS NOSSOS IRMÃOS INIANOS.