Google+ Followers

quinta-feira, 29 de março de 2018

Idosa é batizada aos 102 anos, após ser evangelizada por cuidadora

Lorena Furtado foi evangelizada durante sete anos por sua cuidadora, até que se entregou a Jesus.

Por conta do clima, o batismo aconteceu no período da tarde. (Foto: NA).

Lorena Furtado de Marafigo é uma idosa de 102 anos. Ena nasceu no dia 8 de maio de 1915. Muitas coisas se passaram desde esse tempo, como a Primeira Guerra Mundial, por exemplo. A centenária, que era de outra religião, ainda não havia tido um relacionamento mais próximo de Deus, mas agora ela se alegra por ter tomado uma grande decisão.

Apesar da idade avançada, Lorena não havia firmado um real compromisso com Deus. “Sempre fui de outra denominação religiosa, mas nunca busquei muito a Bíblia”, disse ela. A idosa é de Ponta Porã, Mato Grosso do Sul. Quando muito nova, seus pais decidiram voltar para São Joaquim, em Santa Catarina, depois de tentarem ajustar a vida no centro-oeste do Brasil.

Ela passou toda sua vida na serra catarinense e não constituiu uma família. Na verdade, Lorena conta com a ajuda de Celi Aparecida da Silva há sete anos, sua cuidadora. A mulher, que é adventista, tem auxiliado Lorena no dia a dia. Mas, não apenas com a parte motora, Celi ajuda na parte espiritual.

É que desde que começou a cuidar de dona Lorena, Celi tem evangelizado a idosa. “Aos poucos, a gente também foi falando sobre as doutrinas da Igreja. A dona Lorena também tem TV Novo Tempo em sua casa, e isso a fez aprender o Evangelho de maneira ampla”, explica Celi.

Com o passar do tempo, Lorena foi aprendendo mais e mais da Palavra de Deus. Diante disso, o pastor Jair Machado perguntou se ela não desejaria ser batizada. A sua resposta foi: “Mas com minha idade eu posso me batizar ainda?”.

Sem qualquer dúvida, o pastor respondeu que sim. “Tive o cuidado de perceber sua lucidez e a firme decisão em aceitar a mensagem, apesar da idade avançada. Foi uma decisão individual”, comentou o pastor Machado.

Um susto

Pela idade avançada, dona Lorena teve um agravante em sua saúde e teve de ser hospitalizada. O pastor chegou a fazer a unção. “Colocamos a vida dela nas mãos de Deus. Seja para o descanso ou para o restabelecimento da saúde”, lembra.

Tudo não passou de um susto, Lorena se recuperou e pôde, no dia 21 de março, ser batizada. “As dificuldades de saúde não foram problema para dizer publicamente sim para Jesus”, disse ela.

Por conta do clima, o batismo aconteceu no período da tarde. “Tivemos o cuidado de realizar o batismo em um dia quente no período da tarde para não termos nenhuma complicação. É uma senhora de 102 anos, e como moramos na serra, precisávamos aproveitar a oportunidade do calor da última quarta”, disse o pastor.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO NOTÍCIAS ADVENTISTAS