Google+ Followers

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Você já pensou nas consequências de servir a Jesus?

BRASIL

A primeira revista Portas Abertas do ano relata como nossos irmãos nos países onde o Budismo e o Hinduísmo são as religiões predominantes vivem. Eles sabem o que isso significa. Muitos já sofreram várias experiências desagradáveis em razão da intolerância religiosa



Budismo, uma religião que acredita que o cristianismo é contrário à sua cultura e identidade nacional. Por isso, os extremistas acreditam que os cristãos devem ser perseguidos. Para eles, até a presença dos nossos irmãos lhes causa má sorte. Uma outra religião que também não tolera a fé cristã é o Hinduísmo. Na Índia, país com maior população hindu e onde a fé se desenvolveu, apesar de toda diversidade e bom exemplo econômico, o cenário religioso tem enfrentando momentos delicados. O Partido Bharatija Janata (BJP), que é pró-hindu, tem dominado o governo e feito mudanças importantes no país com o foco de que a Índia se torne uma nação completamente hindu.

O casal Neeraj* e Ritu* sabem bem o que significa esse processo de hinduinização na Índia. Após ser pressionado por radicais, Neeraj negou a Cristo horas antes da celebração de Natal. A Revista Portas Abertas de janeiro vem contar o que isso representou na vida deles e como lidam com a pressão diariamente. Nimal* é um pastor de uma aldeia no Sri Lanka, um dos países com maior pressão budista. Ele também relata sobre as experiências e riscos que ele e sua família enfrentam por decidir permanecer como parte de uma minoria no país. Na leitura, você pode conferir também como pastores e líderes do país, que assim como Nimal, têm ganhado uma nova perspectiva diante da perseguição que enfrentam vinda do extremismo budista. Veja o que os participantes têm a dizer sobre o trabalho da Portas Abertas e os resultados dessa obra.

Se você ainda não recebe a Revista Portas Abertas, cadastre-se e receba mais informações sobre a causa da Igreja Perseguida. Confira o que tem acontecido com nossos irmãos perseguidos pelo mundo, a agenda dos próximos eventos, visitas de correspondentes internacionais, comentários de nossos parceiros, um devocional especial, pedidos de oração e muito mais. Nesta edição há uma lista da situação dos pastores e líderes que já foram presos no Irã. Além disso, entenda como você pode fazer mais pelos cristãos perseguidos no Iraque e Síria. A nossa ajuda continua sendo necessária. Comece o ano fazendo mais por quem tanto precisa.


*Nomes alterados por motivos de segurança.

Fonte: www.portasabertas.org.br