Google+ Followers

sábado, 16 de abril de 2016

Campanha pela paz pode trazer guerra


 16_India_0430102152

ÍNDIA

Se os extremistas hindus partirem para a violência, as minorias religiosas sofrerão as consequências, inclusive os cristãos

De acordo com informações do jornal indiano The Hindu, o distrito de Udupi, uma cidade indiana que fica no estado de Karnataka, iniciou uma campanha de um mês de duração chamada "Alcorão para todos". 
Durante a campanha, o Jamaat-e-Islami Hind, uma organização muçulmana fundada em 1947, que trabalha para islamizar a Índia, reuniu-se com líderes religiosos, sociais, políticos e acadêmicos para das as coordenadas. Eles também organizaram reuniões internas e fizeram distribuição de livros e panfletos. O objetivo, segundo eles, é "limpar a nação da ignorância e dos mal-entendidos" em relação ao islã e aos muçulmanos. A organização acredita que através dessa campanha será possível criar uma atmosfera harmoniosa e pacífica na sociedade.

"Os muçulmanos totalizam cerca de 175 milhões de seguidores, fazendo do país a terceira maior população muçulmana do mundo, depois da Indonésia e Paquistão. O censo de 2011 indicou que eles são o grupo religioso que mais cresce na Índia, e isso levou a reações violentas de radicais hindus. A iniciativa deles é louvável, estão apenas tentando aliviar as tensões religiosas contra as minorias. Infelizmente os hindus extremistas não enxergam isso com bons olhos. Em vez de paz, eles podem atrair a guerra e os cristãos, como sempre, também sofrerão essas consequências". Comenta um dos analistas de perseguição.

Na Índia, que ocupa o 17º lugar na Classificação da Perseguição Religiosa atual, o nível de perseguição aos cristãos está crescendo rapidamente. Os incidentes ocorrem com frequência, igrejas e casas de cristãos são destruídas, seus líderes são espancados e até mortos pelos hindus radicais e muçulmanos extremistas. O ódio contra o cristianismo está em ascensão e os ataques costumam acontecer durante as reuniões de oração. Por outro lado, o número de novos convertidos também aumenta, provando que o sofrimento dos cristãos perseguidos gera sementes que brotam e dão bons frutos. Ore pelos cristãos indianos. Fonte: https://www.portasabertas.org.br