Google+ Followers

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Homem ressuscita após oração da família na sala de emergência, em Manaus

Os médicos decretaram a morte de Ronaldo Martins, mas ele ressuscitou milagrosamente após a oração de sua família.

Imagem ilustrativa. Homem ressuscita após oração da família na sala de emergência. (Foto: Reprodução)
Imagem ilustrativa. Homem ressuscita após oração da família na sala de emergência. (Foto: Reprodução)
O gari Ronaldo Martins de Souza, de 63 anos, foi testemunha do poder da oração na última terça-feira (11) após ser considerado morto e ressuscitar milagrosamente.

Segundo o médico emergencista Rodrigo Custódio, Ronaldo sofreu uma parada cardiorrespiratória e chegou praticamente sem vida no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Galileia, na Zona Norte de Manaus, no Amazonas.

“Chegou com o coração parado, sem sinais vitais e pupilas dilatadas. Nós imediatamente demos início à massagem de ressuscitação cardiopulmonar (RCP). O quadro clínico evoluiu e começamos a utilizar o desfibrilador. Foi aproximadamente uma hora de reanimação, com ele oscilando entre tendo pulso e não tendo”, contou o médico, segundo o site A Crítica.

Depois de apresentar sinais de morte cerebral, o médico abriu o protocolo de óbito e deu a informação à família. “Foi um desespero. A família entrou na sala de emergência e orou. Depois que saíram, na preparação para retirar os tubos, uma coisa que na medicina a gente não explica, observei nele a presença de pulso”, Rodrigo lembra.

Nesse instante, os procedimentos de reanimação começaram a ser feitos novamente. “Uns 15 a 20 minutos depois o paciente retornou a vida. E voltou avidamente com os parâmetros vitais, pupila normal e pulso forte. Nesse momento, quando houve essa dádiva de Deus, nós restituímos e estabilizamos o paciente”, relata o médico.

De acordo com o genro do gari, José Neto, de 38 anos, o funeral chegou a ser planejado pela família. “Quando recebemos a notícia que ele voltou a ter pulso, mais ou menos meia hora depois, foi um choque. Um colega de trabalho dele chegou a desmaiar e as filhas deles começaram a chorar. Um desespero total e muita alegria”, revelou.

Ronaldo foi transferido para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio na manhã desta quarta (12), onde foi diagnosticado com edema cerebral, mas seu quadro clínico é estável. “Confiamos acima de tudo em Deus, pois para Ele nada é impossível”, disse João Neto.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE A CRÍTICA