Google+ Followers

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Billy Graham fala sobre falecida esposa: "Teve grande influência em meu ministério"

Após 10 anos do falecimento de Ruth Graham, a página oficial de Billy Graham destacou uma declaração do evangelista sobre sua esposa.

Ruth Graham (esquerda) e Billy Graham (direita). (Foto: BGEA)
Ruth Graham (esquerda) e Billy Graham (direita). (Foto: BGEA)
Billy Graham disse que ao reconfortar aqueles que estão em luto pela perda de um ente querido, é importante lembrá-los que Deus entende seu sofrimento e promete nunca irá deixá-los ou abandoná-los.

O fundador de 98 anos da Associação Evangelística Billy Graham compartilhou seus pensamentos sobre o sofrimento em resposta a uma pergunta colocada por uma leitora que havia recentemente perdido seu marido. Ela afirmou que sabia do destino dele, pois ele era um cristão convicto, mas nem por isso ela deixava de sentir a dor da perda.

"Perdi meu marido para o câncer há alguns meses atrás, e não entendo por que meus sentimentos ainda estão confusos", escreveu a leitora. "Por um lado, eu sou muito grata por saber que ele agora está com Jesus, até mesmo porque ele estava sofrendo terrivelmente. Mas, por outro lado, sinto que minha vida foi arrancada e me sinto vazia e miserável. O que há de errado comigo?".

Graham enfatizou primeiro que "não há nada de errado" com a leitora: "Você experimentou uma grande perda em sua vida, e seria mesmo surpreendente se você não reagisse assim", disse ele.

"O mais importante que posso dizer é assegurar-lhe que Deus entende seu sofrimento", continuou o pastor. "Ele também entende seus sentimentos, que para você podem parecer contraditórios e confusos, mas não para Ele, porque Deus sabe o que você está passando".

Uma das verdades mais reconfortantes da Bíblia é que "Deus entende o quão fracos e frágeis somos nós, e ainda assim ele ainda nos ama", disse Graham.

"A Bíblia diz: 'Como um pai tem compaixão de seus filhos, o Senhor tem compaixão daqueles que O temem, porque ... Ele lembra que somos pó' (Salmo 103: 13-14)", lembrou.
Graham incentivou a leitora a se lembrar que Deus está sempre com ela - mesmo quando ela se sentir abandonada por seus amigos ou familiares.

"Deus tem outros planos para o seu futuro, peça a Ele que te mostre quais são", ele aconselhou. "E, entretanto, se agarre ao pensamento de que seu marido está agora livre de todas as dores e limitações desta vida e está seguro para sempre com Jesus. E algum dia você também estará assim".


Autoridade para falar
Graham parece falar com bastante conhecimento sobre este assunto, pois ele mesmo perdeu sua esposa, Ruth, que ele chamou carinhosamente de "companheira para a vida", em 2007.


Ao relembrar o falecimento de sua esposa, após 10 anos, a página oficial do renomado evangelista trouxe recentemente uma declaração um tanto reveladora de Billy Graham sobre Ruth.

"Espiritualmente falando, minha esposa foi uma grande influência em meu ministério", afirmou.

Logo após o falecimento de Ruth, Graham já havia destacado que ele sentia que ele e sua esposa foram chamado por Deus também "como uma equipe".

"Ruth era minha parceira da vida, e fomos chamados por Deus como uma equipe", disse ele pouco depois da morte da esposa. "Ninguém mais poderia suportar a carga que ela carregava. Ela era uma parte vital e integral do nosso ministério, e meu trabalho ao longo dos anos teria sido impossível sem o seu encorajamento e apoio".

"Estou tão agradecido ao Senhor que Ele tenha me dado Ruth, e especialmente durante estes últimos anos que passamos juntos, morando nas montanhas", acrescentou. "Nós reavivamos o romance da nossa juventude, e meu amor por ela continuou a crescer a cada dia. Eu sentirei terrivelmente falta, mas estou ainda mais ansioso pelo dia em que eu possa se juntar a ela no céu".

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO GOSPEL HERALD