Google+ Followers

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Mulher nota presença de Deus em ataque de tubarão: “Nunca senti nada parecido”

Depois de conseguir tirar seu braço das mandíbulas do tubarão, Tiffany nadou clamando a Jesus e foi dominada por uma paz que não consegue descrever.

Tiffany Johnson sobreviveu a um ataque de tubarão nas Bahamas, pela intervenção de Deus. (Foto: James Nix/Independent Tribune)
Tiffany Johnson sobreviveu a um ataque de tubarão nas Bahamas, pela intervenção de Deus. (Foto: James Nix/Independent Tribune)
Tiffany e seu marido, James, são mergulhadores experientes, mas se depararam com uma das maiores tragédias de suas vidas em uma viagem de mergulho em Nassau, nas Bahamas.

Enquanto James resolveu ficar no barco devido a um enjôo, Tiffany prosseguiu para observar os recifes de coral no mar. Em certo momento, ela sentiu uma colisão e notou que estava sendo atacada por um tubarão.

Por mais que ela tentasse se soltar, o animal a puxava para o fundo do mar. Naquele momento, Tiffany revela que não sentiu dor, mas viu o “filme” de sua vida passar diante de seus olhos.

Depois de conseguir tirar seu braço das mandíbulas do tubarão, ela nadou vigorosamente até a superfície da água enquanto clamava a Deus, orando “me ajude, Jesus!”.

Tiffany chegou até a superfície do mar com vida e, sem pensar em sua própria segurança, James pulou na água para socorrê-la.

Embora um incidente como este provoque grande desespero, Tiffany foi dominada por uma paz que ela não é capaz de descrever. “Quando entrei no barco, a paz do Senhor era tão forte. Era como uma nuvem, uma presença tangível. Eu nunca senti nada assim antes”, disse ela à Associação Evangelística Billy Graham.

Depois que seu ferimento foi estancado, Tiffany continuou orando durante os 30 minutos que o barco de mergulho levou para voltar em terra firme. Ela estava tão tomada pela paz divina que, antes de iniciar a cirurgia, puxou sua máscara de oxigênio e disse ao médico: “Estou orando por você”.

Dois meses após o ataque, Tiffany se define como uma pessoa agradecida. “Foram tantos milagres até eu conseguir sair da água sozinha e chegar no barco”, disse ela, observando que seu foco de oração mudou depois do livramento.

“Eu orei para que Deus usasse isso para a Sua glória e, de alguma forma, fizesse disso um grande testemunho que transformaria vidas”, afirmou.

Tiffany sente uma paz tão grande sobre o que aconteceu, que nem mesmo teve pesadelos que lembrassem a tragédia. “Deus está por toda a parte, sendo fiel, cuidando de nós e mudando nossas vidas. Sou grata pela oportunidade de simplesmente brilhar Sua luz e fazer Seu nome ser conhecido. Não vou perder a oportunidade, a segunda chance que Ele me deu”.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE CHRISTIAN TODAY