Google+ Followers

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Igrejas doam cerca de US$ 153 milhões para projetos missionários em todo o mundo

As doações estão sendo direcionadas a ajudar missionários que trabalham em áreas de risco e povos não alcançados, em países da África, Ásia e outras regiões.

Missionário ligado à Convenção Batista do Sul (EUA) conversa com família em Uganda. (Foto: Religion News Service)
Missionário ligado à Convenção Batista do Sul (EUA) conversa com família em Uganda. (Foto: Religion News Service)
A Oferta de Natal "Lottie Moon" (LMCO) em 2016 para trabalhos missionários em todo o mundo alcançou números que têm levado cristãos a celebrarem os bons resultados. Cerca de 153 milhões de dólares, de acordo com os dados divulgados na última quarta-feira (7) pela 'International Mission Board' (IMB) ('Conselho de Missão Internacional', em uma tradução livre), ligada à Convenção Batista do Sul, nos EUA.

O total exato coletado pela iniciativa da 'International Mission Board' em 2016 foi de US$ 152.982.560,94.

"Os batistas do sul responderam ao desafio de desempenhar seu papel em ajudar o Evangelho a resistir a todas as nações através de doações para a 'Oferta de Natal Lottie Moon' 2016 para Missões Internacionais, que se aproximou da meta inicial de US$ 155 milhões. Os batistas do sul deram cerca de US$ 153 milhões através da campanha de 2016-17 para apoiar os missionários da 'International Mission Board", informou um comunicado da organização missionária.

Segundo o relatório da IMB, "cada dólar dado à 'Oferta de Natal Lottie Moon' (LMCO) será usado para apoiar quase 3.600 missionários ligados à Convenção Batista do Sul que estão no campo, enviados por suas igrejas locais para evangelizar, discipular, plantar e multiplicar igrejas saudáveis ​​e treinar líderes entre povos e lugares não alcançados para a Glória de Deus".

Segundo o presidente da IMB, David Platt, esta iniciativa precisa continuar, pois apesar do árduo trabalho de missionários em todo o mundo, ainda há um grande número de povos não alcançados, que precisam ouvir a mensagem do Evangelho.

"Como nós consideramos que há bilhões de pessoas que ainda não ouviram o Evangelho, nós, como Batistas do Sul, percebemos que a melhor maneira de desempenhar nosso papel no cumprimento da Grande Comissão é através do esforço cooperativo em orar, doar, ir e enviar", explicou. "Através da generosidade de cada um que doou, a graça de Deus ressoa Sua glória entre mais e mais pessoas e povos".

Com seu nome homenageando uma grande missionária atuante na China, no começo do século XIX, a Oferta de Natal "Lottie Moon" teve início em 1888 e, desde então, US$ 4,4 bilhões já foram doados para projetos missionários em diversos países.

"Hoje sinto intensamente o peso do meu chamado pessoal para ajudar os cristãos a se desenvolverem espiritualmente em direção ao estilo de vida de uma missão", disse a tesoureira da agência missionária Sandy Wisdom-Martin. "Devemos estar profundamente conscientes da obra de Deus no mundo, precisamos ousados em nossas orações e nos sacrificarmos em nossa generosidade. A causa de Cristo não exige nada menos que isso".


Missionários apoiados
As doações recolhidas pela Oferta de Natal "Lottie Moon" apoiam famílias inteiras de missionários, como os Harrell, que vivem à beira das águas costeiras de Moçambique, se empenhando em evangelizar os 300 mil habitantes de Makhuwa Nahara.


O dinheiro também ajuda a sustentar casal Nick e Shannan Copland. Eles usam ferramentas modernas para conhecer pessoas e desenvolver relacionamentos na antiga cidade italiana de Verona.

Outro casal apoiado por esta iniciativa são Rodney e Helen Cregg* (ligados à IMB), que evangelizam e buscam resgatar prostitutas em um perigoso distrito do sul da Ásia.

"Porque vocês doaram, eu posso acessar áreas remotas da Ásia Central e pregar o Evangelho para pessoas que Deus já está chamado para Si mesmo", relatou um missionário para a Convenção Batista do Sul em um vídeo. "Obrigado! Com a sua ajuda, estamos trazendo luz para os lugares escuros entre grupos de pessoas não alcançadas".

O Conselho de Missão Internacional é parceiro de mais de 40.000 igrejas que trabalham juntas para espalhar o Evangelho em todo o mundo para bilhões de pessoas que nunca ouviram esta mensagem.

A principal maneira de conseguir isso é através da coalizão das igrejas batista do sul enviando e apoiando milhares de missionários. O apoio ao pessoal vem através dos presentes dos Batistas do Sul ao Programa Cooperativo e à Oferta de Natal Lottie Moon.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DA BAPTIST PRESS