Google+ Followers

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Mesmo ferido, jovem trabalha para alimentar moradores de rua: “Quero espalhar o Evangelho”

Dias depois de sofrer um acidente de carro, o jovem cristão resolveu retornar ao trabalho para conseguir dinheiro e ajudar moradores de rua no Natal.

Jakeem Tyler trabalhando com um colar cervical no Chick-fil-A, em Indiana, nos Estados Unidos. (Foto: Facebook/Cameron Nelson)
Jakeem Tyler trabalhando com um colar cervical no Chick-fil-A, em Indiana, nos Estados Unidos. (Foto: Facebook/Cameron Nelson)
O jovem Jakeem Tyler, de 18 anos, se tornou uma inspiração para muitos depois que sua história passou a circular na internet. Dias depois de sofrer um acidente de carro, ele resolveu retornar ao trabalho para conseguir dinheiro e ajudar moradores de rua no Natal.

Por causa de seu esforço por amor ao próximo, ele conseguiu recebeu mais de 40 mil dólares (equivalente a 134 mil reais) com a ajuda de pessoas que ficaram comovidas com sua atitude.

A campanha de arrecadação começou depois que uma foto de Jakeem no caixa da rede de fast food ‘Chick-fil-A’ foi publicada no Facebook. A imagem mostra o jovem feliz, trabalhando com um colar cervical.

Cameron Nelson, a cliente que publicou a foto nas redes sociais, conta que perguntou ao rapaz o que havia acontecido com ele para trabalhar nessas condições. “Ele disse que se envolveu em um acidente de carro dias antes, mas estava trabalhando porque precisava do dinheiro para alimentar os moradores de rua no Natal".

Inspirada pela nobre causa do jovem, Cameron reuniu alguns amigos e lançou a campanha de arrecadação de dinheiro, com a meta de juntar 2,5 mil dólares. De maneira inesperada, a história de Jakeem comoveu muito mais pessoas. Nesta terça-feira (20), foi levantado mais de 43 mil dólares para sua ação.

Jakeem conta que sua ética de trabalho veio de seus pais, em entrevista ao programa americano Fox & Friends. "Quando eu tinha 7 anos, depois da igreja aos domingos, íamos no centro da cidade para alimentar os moradores de rua", ele lembra.

O jovem já sabe o que pretende fazer pelo resto de sua vida: "Eu gostaria de ser um evangelista e viajar pelo mundo espalhando a minha fé e o Evangelho. Eu quero trabalhar na liderança de jovens e adolescentes", afirmou.

Seu conselho para outros jovens é de "ser sempre uma bênção para alguém". "Todos nós passamos por diferentes batalhas, então tenha compaixão pelo próximo”.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE THE CHRISTIAN POST