Google+ Followers

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Gêmeas são curadas de câncer após oração de seus pais: "Elas são um verdadeiro milagre"

Elas nasceram em 2007, levando muita alegria para seus pais. Mas aos dois meses foram diagnosticadas com câncer de fígado. Após as orações de seus pais, e ainda na segunda sessão de quimioterapia, as garotinhas estavam curadas.

Neste ano, as meninas vão comemorar mais um aniversário, livre do câncer. (Foto: Reprodução).
Neste ano, as meninas vão comemorar mais um aniversário, livre do câncer. (Foto: Reprodução).
Em uma verificação de rotina, duas gêmeas foram diagnosticadas com câncer de fígado. A intensa fé e as fortes orações de seus pais fizeram o milagre acontecer. Quando Isabella e Madelein nasceram em 2007, elas foram o grande motivo da alegria de seus pais. Tudo era felicidade até que os médicos detectaram um inchaço estranho em seus estômagos.

"Você podia até ver a mudança no tom da pele delas, depois que o médico começou os exames. Eu podia ver os rostos das minhas filhas mudarem. No fundo a gente sabia que aquilo não estava normal”, disse o pai para o site CBN.

O casal Alyssa e Michael Dunn tiveram de enfrentar a triste notícia de que suas filhas gêmeas, de apenas dois meses, tinham um tipo raro de câncer no fígado. Em seguida, os médicos recomendaram que as meninas se submetessem à quimioterapia, apesar de correr riscos. A toxicidade poderia resultar em cicatrizes, além de provocar um atraso no desenvolvimento dos bebês, ou até mesmo a morte.

Elas foram separadas para começar o primeiro dos quatro tratamentos. Enquanto isso, a família e os amigos começaram a orar por um milagre. Mas a situação das garotinhas começou a piorar de forma drástica. Elas ficaram mais doentes e cada vez mais se queixavam de dor. “Eu mal podia toca-las de tanta dor que elas sentiam. Parecia que elas poderiam se quebrar”, disse a mãe.

"Tudo o que a gente poderia fazer era confiar no Senhor e colocar nossa fé nEle. Acreditávamos que Deus realmente poderia curar elas", disse Michael, o pai. Na segunda quimioterapia, as meninas começaram a rir e brincar. “Ao longo dos tratamentos eu não via mais nenhuma evidência da doença. Um dia recebi um telefonema. Era o hospital dizendo que minhas filhas estavam curadas. Uau! Eu não podia acreditar, Glória a Deus!", disse Alissa, a mãe.

Neste ano, as meninas vão comemorar mais um aniversário, livre do câncer. "A cada ano é uma celebração para nós, pois percebemos que elas são um verdadeiro milagre", disse Michael. "O fato delas estarem curadas do câncer é realmente um milagre e é muito gratificante ver como essas coisas acontecem", disse o Dr. Taub.

Confira o testemunho (com legendas em espanhol):


FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO SITE CBN