Google+ Followers

terça-feira, 11 de maio de 2010

AS DEZ VIRGENS



Sofonias 2:1-3 “CONGREGA-TE, sim, congrega-te ó nação que não tens desejo, Antes que saia o decreto, e o dia passe como a pragana; antes que venha sobre vós a ira do Senhor; sim, antes que venha sobre vós o dia da ira do Senhor. Buscai ao Senhor, vós todos os mansos da terra, que pondes por obra o seu juízo: buscai a justiça, buscai a mansidão; porventura sereis escondidos no dia da ira do Senhor.”

1 - Quando o relógio profético assinalar a meia-noite da história terrestre surgirá então o glorioso Dia do Senhor.

2 - Em Amós 8:9 o profeta descreve esse assombroso, acontecimento: “O sol se porá ao meio-dia... os rios deixarão de correr... a terra tremerá... os homens desmaiarão de terror...”

3 - Estás preparado para aquele dia? (Mateus 19:20). “Disse-lhe o mancebo: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?” Embora tenha sido criado na igreja, que me falta?

a) Ao moço rico faltava uma coisa.
b) A Marta, fiel seguidora de Cristo, também faltava alguma coisa. "Marta, Marta, uma coisa te é necessário."
c) Que te falta a ti e a mim, meu irmão?

4 - Prepara-te enquanto é tempo: "à meia-noite ouviu-se um clamor: aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro.”

Então será tarde demais para os que não estão preparados.
I - Um Cortejo Nupcial à Espera do Noivo

1 - Era uma terça-feira ao entardecer, quando o sol já havia declinado no horizonte. Surge então o cortejo nupcial.

No oriente era costume realizar-se o casamento à noite. O noivo vinha ao encontro da noiva. À luz de tachas, um grupo de virgens aguardava a chegada do noivo, para serem levadas por ele, para a festa nupcial.

2 - Jesus, vendo esta cena, contou então aos discípulos a parábola das dez virgens
(S. Mal. 25:1-13).
Significado espiritual:
a) Bodas significa o encontro da Igreja com Cristo. Dia de Grande Alegria.
b) A parábola aplica-se à experiência da igreja. Uma parte fiel e outra infiel. Estarão juntas até aquele dia. Os anjos farão a separação.
c) Virgem significa aquele que professa a mais pura e verdadeira fé em Jesus Cristo.
Só professar a religião verdadeira não significa salvação. É preciso estar pronto.
II - As Virgens Prudentes e as Néscias

1 - Cinco era prudente e cinco eram néscias (ignorantes).
a) Assim na igreja: uns são fiéis, sábios, estudiosos. Outros são: ignorantes (não lêem, não estudam). São imprudentes.
b) Todas tinham lâmpadas (Sal. 119:105).
Hoje todos têm a Bíblia.

2 - Naqueles dias, para a lâmpada queimar era preciso azeite. Que azeite usava? Oliva.
Que significa o azeite espiritual, que faz iluminar nossa lâmpada? (Zac. 4:2-6).
Espírito Santo.
Lâmpada apagada não tem valor.
Temos a Bíblia, mas onde está o Espírito Santo?


3 - Que aconteceu. com a tardança do esposo?
Todas dormiram ou tosquenejaram.
Qual era a diferença entre elas?
As néscias não tinham reserva.
As prudentes tinham uma vasilha ao lado, de reserva.
III - O Azeite e a Vasilha de Reserva

1 - Que significa essa vasilha?
"O caráter é a única coisa que levamos da Terra para o Céu." Temos de transformá-lo hoje. Não é adquirido de um dia para o outro.

2 - Esse caráter chama-se experiência pessoal com Deus. É preciso ter Os frutos do Espírito.
Quais são os frutos do Espírito: “amor, gozo, paz, longanimidade,
benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.”
a) Coisa que ninguém poderá fazer por ti.
b) Essa experiência será a nossa vasilha. Cada um terá a sua.

3 - O Espírito Santo vai colocando cada dia as gotinhas de óleo na nossa experiência pessoal.

4 - Satanás não quer que tenhamos essa experiência. Impediu Pedro no Getsêmani. “ E, chegando, achou-os dormindo; e disse a Pedro: Simão, dormes? não podes vigiar uma hora?” Pedro dormiu. Não se preparou.
O diabo quer enfraquecer nossa comunhão com Deus, mudar nosso caráter e fazer-nos perder a fé.

5 - Hoje é tempo de desenvolvermos nossa experiência espiritual. Quando vierem as perseguições, então nossa experiência anterior nos dará condições para permanecermos fiéis.
a) Embora tentados, lembremo-nos da experiência de que Deus nos libertou e nos salvou no passado.
b) Essa experiência nos manterá na hora da prova. Temos de formá-la hoje.

6 - Que fizeram as virgens loucas? Não se aperceberam da hora.
"Quando estas coisas começarem a acontecer..." (S. Luc. 21 :28).

7 - Só ler a Bíblia não nos salva.
Ir à igreja não basta.

8 - E preciso buscar a Deus com diligência e fervor. Em contrição e arrependimento
(Joel 2: 12, 13, 16 e 17).
“Ainda assim, agora mesmo diz o Senhor: Convertei-vos a mim de todo o vosso coração; e isso com jejuns, e com choro, e com pranto. E rasgai o vosso coração, e não os vossos vestidos, e convertei-vos ao Senhor vosso Deus; porque ele é misericordioso, e compassivo, e tardio em irar-se, e grande em beneficência, e se arrepende do mal. Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai os filhinhos, e os que mamam: saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu tálamo. Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele; porque diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?”
Lutando com Deus como Jacó.

Conclusão

1 - Qual o objetivo das lanternas?
Iluminar o caminho e enaltecer o Noivo. Ter a luz e ser luz.

2 - O que precisamos fazer para nossa luz brilhar?
Temos de ser experientes.
Às vezes Deus nos da experiências com sofrimento: doenças, morte de um querido, fracasso financeiro.
Para que nossas lâmpadas brilhe, pois as experiências é o nosso azeite. Como está à lâmpada?
Estamos à meia-noite. Breve ouviremos: "Aí vem o Noivo, sai-Lhe ao encontro." E iremos então para a glória.
Que o Senhor pelo Espírito Santo fale mais em seu coração.
Deus te abençoe e te guarde todos os dias da tua vida.

Fonte: Infelizmente não tenho a fonte.